domingo ,17 janeiro 2021
Home / Geral / Tell Miranda é demitido da Rede Sim após 14 anos

Tell Miranda é demitido da Rede Sim após 14 anos

Foram anos e anos, de pura dedicação a Rede SIM (Sistema Integrado Multimídia). De acordo com o comunicador, um dos nomes mais respeitados e carismáticos do rádio capixaba, o motivo da sua demissão, foi a crise financeira, “Infelizmente vivemos uma crise e o empresário precisa enxugar a sua folha de pagamento, quando a receita, não é a aquela que ele gostaria de ter. Compreendo, não vou levar mágoas e nem ressentimentos, somente gratidão pela empresa”.

p_20170308_093922_bf
“Vão criar muitas especulações sobre a minha saída da emissora, mas uma coisa eu posso dizer, foram anos de dedicação e amor a empresa, sei que nada é eterno e como diz o poeta, o show deve continuar. Talvez seja um até logo, e quem sabe um dia retornaremos”, disse o apresentador

O jornalista e radialista Tell Miranda, 46 anos, foi comunicado da sua demissão na segunda-feira (7), por volta das 9h10, pela direção da emissora, um pouco antes de entrar no ar “é um momento de muita tristeza, ter que deixar um programa de rádio, que sempre fiz com muita paixão e dedicação, mas entendemos a posição da emissora”, disse. 

Mesmo após receber a notícia do seu desligamento, ele apresentou o programa, como se nada tivesse acontecido,“sempre tive liberdade de expressão nesta emissora”.

Todas as manhãs, ele apresentava o programa, que levava o seu nome artístico e um slogan que caiu nas graças dos ouvintes, “Sempre de bem com a vida”. Ele animou as manhãs da 93,1 FM e a SIM AM 1450, sempre com muita informação, música e entretenimento.

Atualmente estava no horário das 9h20 até o meio-dia. “Estava no auge da minha carreira, tinha acabado de retornar para o FM, uma emissora potente, que chega em várias cidades, onde muitos estavam tendo a oportunidade de conhecer o nosso trabalho. Vibramos muito, sendo a primeira emissora de AM do estado a migrar para a FM, mas a alegria foi por muito pouco tempo, é muito frustrante tudo isso. ”

p_20170308_091958
Na manhã desta quarta-feira (8), a cadeira estava vaga e o estúdio vazio. Os ouvintes acompanharam somente uma programação musical Foto: Tell Miranda

Na mesma Rede de comunicação, ainda teve tempo para trabalhar na SIM FM 100,9, onde apresentava um programa das 6h até às 10h, e depois mudava de estúdio para assumir o Programa Tell Miranda, das 10h ao meio-dia, na SIM AM 1450. Foram aproximadamente uns 5 anos, quando o estúdio ainda era em Guarapari.

10524347_526694447436711_3097818214210135830_n
Na SIM FM 100,9 onde apresentava o horário das 6h às 10h, e depois seguia para o estúdio da SIM AM 1450, local que durante anos, apresentou o Programa Tell Miranda “Sempre de bem com a vida”. Foto: Arquivo

O seu jeito espontâneo de apresentar o programa, era um dos motivos de audiência, “sempre procurei fazer um programa, que pudesse ser diferente, procurando falar a linguagem popular, falar aquilo que muitas vezes a pessoa não consegue falar em nenhum lugar”.

Tell Miranda é natural de Guarapari, e começou cedo nas ondas do rádio, aos 18 anos já estava encantando os seus ouvintes, “ Lá se vão 28 anos de muita dedicação e amor por este veículo, que encanta até nos dias atuais, apesar de outros meios de comunicação que surgiram, a rede social, o WhatsApp”.

Formado em Comunicação Social pela Faculdade J. Simões, desde 2004, este Guarapariense levava para o seu programa, matérias da região, e até mesmo algumas pautas, realizadas em outras cidades, como Colatina, Linhares, como foi o caso da tragédia de Mariana, em Minas Gerais, onde esteve presente entrevistando a população.

pai-e-mae
Dia da sua formatura em Bacharel em jornalismo. Ele recebe da sua mãe, Juracy Rosa Miranda e do seu pai, Manoel Porto Miranda, um anel para coroar o seu esforço na faculdade Foto: Arquivo

Em Guarapari, e nas cidades vizinhas, fazia questão de conhecer locais ainda desconhecidos de grande parte da população, “procurava informar e incentivar os meus ouvintes a conhecerem melhor a nossa cidade, como as praias, as cachoeiras “escondidas”, as festas tradicionais da região, era gratificante, descrever esses lugares, e logo depois recebia a informação que muitos, só tiveram conhecimento graças ao programa de rádio. Realmente não tem preço”.

Ele não descarta um dia voltar a assumir o seu programa de rádio, nesta mesma emissora, “a própria direção da emissora, disse que as portas estarão sempre abertas para uma nova oportunidade, e a própria empresa tem a expectativa de montar um canal de televisão aqui na cidade”.

praia
Atendendo um turista mineiro, na sua adolescência na Praia do Meio em Guarapari Foto: Arquivo

Com os olhos marejados, este capixaba, orgulhoso, por ser filho de Guarapari, deixa uma mensagem para os seus ouvintes e seguidores, “ Agradeço a cada ouvinte que me acompanhou em mais esta fase da minha vida. Choramos juntos, rimos, ficamos indignados com muitas situações do nosso país, discutimos ideias, fizemos críticas construtivas, abrimos espaço para a população, e tenho certeza absoluta, como dois mais dois, são quatro, que algo grandioso está por vir. Que Deus abençoe cada ouvinte, cada amigo que fiz no rádio, e peço desculpas se por acaso magoei alguém. Nunca foi a minha intenção de prejudicar ninguém”.

Ele ainda acrescenta que mesmo neste período fora do rádio, vai continuar a tocar os seus projetos, como site Tempo Real, um dos seus xodós, “Deus é maravilhoso, e estarei sempre a disposição de todos, terei ainda mais tempo para me dedicar ao meu site Tempo Real, um presente que ganhei de Deus, e tenho certeza que na hora certa, no tempo de Deus, estaremos de volta em algum canal de comunicação, para fazer o que eu mais gosto, que é comunicar. Conto com o apoio dos amigos e toda a minha família, para me ajudar a cicatrizar mais esta ferida. Desejo sucesso para os colegas que continuam na emissora”.

Tell Miranda, começou a sua carreira na Guarapari FM, em 1988, depois passou pela Gaeta, Rádio Ativa, Sucesso e Band FM. Ainda teve a oportunidade de trabalhar alguns meses na Rádio Espírito Santo, na área esportiva e policial, e neste período, também narrava os melhores momentos do futebol para TVE, narrou o futebol capixaba ao vivo pela TV Vitória/Manchete, atualmente com a bandeira da Record. Teve ainda uma passagem como narrador pela TV Guarapari.

manchete
Equipe esportiva da Jovem Pan de São Mateus, ao lado do comentarista Bartô e do repórter Jota Barbosa. Neste ano Tell Miranda narrou todos os jogos do São Mateus no estado. Registro na cabine do estádio Zenor Pedrosa em Nova Venécia. “Viajava todos os finais de semana, para acompanhar os jogos do São Mateus, a pedido do presidente da empresa, Rui Baromeu Foto: Arquivo

Ele aproveitou a sua conta no facebook, para informar a todos, sobre o seu desligamento.

“Hoje foi o meu último programa aqui na 93,1 FM e na 1450 AM. Agradeço a todos os ouvintes e a direção, por ter confiado no meu trabalho nestes mais de 14 anos.  Uma pena, logo agora que voltei para a FM, e com uma audiência maravilhosa em várias cidades do estado, sem falar na qualidade do sinal.

Infelizmente vivemos uma crise, e o empresário precisa enxugar a sua folha de pagamento, quando a receita, não é a aquela que ele gostaria de ter. Compreendo, não vou levar mágoas e nem ressentimentos, somente gratidão pela empresa.

Sigo em frente, de cabeça erguida, com a consciência tranquila, que cada centavo que eu recebi, pelo meu esforço, foram revertidos em um trabalho ético, de caráter, de credibilidade e muita dedicação. Fiz, não para ser melhor do que ninguém, mas para ser diferente e jamais acomodado, uma coisa que eu nunca fui e nem serei. Sempre tive a convicção que nada é eterno, por isso curtir cada momento desta etapa da minha vida.

Não é a primeira vez que passo por isso, e tenho certeza que outras portas vão se abrir, na hora certa e no momento adequado. A minha dedicação no jornalismo, prestação de serviço, apuração dos fatos, vão continuar.

concurso
Participantes do concurso musical, para escolher o melhor cantor infantil. As apresentações aconteciam ao vivo no estúdio. Além do corpo de jurados, tinha também a participação dos ouvintes Foto: Arquivo

Tenho certeza que fiz o que estava ao meu alcance e até muito mais. Fiz por amor a profissão, dedicação e respeito aos meus ouvintes. Saio, e já fui informado pela direção, que as portas estarão sempre abertas para mim, quem sabe um dia, ser chamado novamente. Se isso acontecer, estarei sempre à disposição.

barto
Equipe esportiva da Jovem Pan de São Mateus, ao lado do comentarista Bartô e do repórter Jota Barbosa. Neste ano Tell Miranda narrou todos os jogos do São Mateus no estado. Registro na cabine do estádio Zenor Pedrosa em Nova Venécia. “Viajava todos os finais de semana, para acompanhar os jogos do São Mateus, a pedido do presidente da empresa, Rui Baromeu Foto: Arquivo

Deixo a emissora no auge da minha carreira, onde pude mostrar um lado, que até então em outras emissoras, por onde passei, não tive oportunidade. Aqui tive espaço na grade da emissora, para fazer o jornalismo, buscar a informação, e o mais importante nisso tudo, e o conhecimento que você conquista com cada matéria, cada personagem que você conhece, às vezes em momentos tristes, outros alegres. Somos eternos aprendizes, e fazer as coisas por amor, não tem preço que pague. Amo o jornalismo, a arte de se comunicar.

equipeesportiva
Equipe esportiva da Rádio Espírito Santo, onde iniciei as minhas primeiras transmissões esportivas pelo rádio. O comando era de Jair Batista Foto: Arquivo

Muitas perguntas vão surgir, como: Porque você saiu? Vai para outra emissora? Recebeu alguma proposta de alguma emissora de rádio ou TV?  Foi perseguição política? Diante de tantas perguntas e possíveis indagações, o que tenho a dizer, é que fui informado que a minha demissão, era simplesmente por “contenção de despesas”, e não pelas minhas qualidades profissionais. Se eu soubesse de algo mais, que não fosse isso, seria o primeiro a divulgar. Mas acredito na direção, e na sua explicação, e jamais pegarei este momento difícil na minha vida, para fazer algum tipo de sensacionalismo com a minha saída.

Neste momento, a única certeza que tenho, é continuar o meu trabalho no Tempo Real, com dignidade, amor a profissão e ao próximo. O que vem pela frente, ou o que virá, a Deus pertence.

Programa de televisão

Tenho uma grande vontade de fazer um programa de televisão, um programa popular, de informação, de interatividade com o público.

fernandomachado
Esta foi a primeira transmissão de futebol ao vivo do interior, para todo o estado. Fernando Machado, atualmente (TV Vitória/Record), no estádio Guilherme Augusto de Carvalho, em Linhares

Há alguns anos, recebi uma proposta de um apresentador, dos mais respeitados do estado, para fazer um programa de televisão em Vitória, mas naquele momento não aceitei. Até hoje, não sei porque, mas isso é passado e vamos viver o presente. Se a proposta aparecer de novo, tenho certeza que não vou deixar passar.

Resolvi escrever estas linhas, para dar um esclarecimento a todas as pessoas que sempre, acompanharam o meu trabalho. Até breve, com a graça e permissão de 

Você pode Gostar de:

Mourão diz que pretende tomar a vacina contra covid: “Dentro da minha vez”

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou, nesta segunda-feira (11), que pretende tomar a vacina contra o novo coronavírus, “de acordo com o planejamento”, ao contrário do presidente Jair Bolsonaro que disse que não tomará a vacina porque já teria anticorpos contra a doença.