Home / Geral / Suspeitos de homicídio e venda de armas são presos em operação ‘Terra de Ninguém’

Suspeitos de homicídio e venda de armas são presos em operação ‘Terra de Ninguém’

A equipe da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Venda Nova do Imigrante realizou a operação “Terra de Ninguém”, que resultou na prisão de dois suspeitos de integrarem uma organização criminosa que atua com crimes de mando e vendas de armas de fogo. As prisões ocorreram em Ibatiba, no Estado, e no município de Lajinha, em Minas Gerais.

Os detidos fazem parte de uma associação criminosa que atua na região do Caparaó e em Minas Gerais.

“Os dois detidos, um com 40 e outro com 37 anos, fazem parte de uma associação criminosa que atua na região do Caparaó e em Minas Gerais”, afirmou o titular da Delegacia, delegado Alberto Roque Peres.

Durante a operação, realizada na madrugada da última sexta-feira (28), foram apreendidas duas espingardas, seis revólveres calibres 22, 36 e 38, além de munições de mesmo calibre e insumos para preparos de munições. “Algumas das armas estavam em um fundo falso de uma residência, localizada na zona rural de Iúna”, disse o delegado.

Roque Peres afirmou, ainda, que eles são suspeitos de um homicídio ocorrido em junho de 2019, em Venda Nova do Imigrante. “A apuração do caso identificou os três executores do crime. Os pistoleiros foram contratados para uma vingança motivada pelo tráfico de drogas. As investigações continuam para a prisão do terceiro suspeito”, garantiu.

O responsável pelo caso pede que a população realize uma denúncia anônima pelo Disque-Denúncia 181, caso tenha informações que contribuam com o trabalho policial.

A ação contou com o apoio de policiais civis da Superintendência de Polícia Regional Serrana (SPRS) e da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG).

Os dois detidos foram encaminhados ao Centro de Triagem de Viana (CTV), onde permanecem à disposição da Justiça.

Você pode Gostar de:

Mortos em casa e cadáveres nas ruas: o colapso funerário causado pelo coronavírus no Equador

Ao redor do mundo, milhares de imagens de cidades vazias e hospitais em colapso por …