Home / Geral / Suspeito de cometer furtos é preso em Guarapari

Suspeito de cometer furtos é preso em Guarapari

A equipe do Departamento Especializado de Investigações Criminais (Deic) de Guarapari efetuou a prisão em flagrante de D.F.P., de 34 anos. Ele é suspeito de cometer cerca de dez furtos que ocorreram durante duas semanas em residências nos bairros Meaípe e Nova Guarapari. A prisão foi efetuada nessa terça-feira (04), no bairro Nova Guarapari e contou com o apoio da Polícia Militar (PM) da região. 

Foto: Divulgação/Polícia Civil

De acordo com o titular do DEIC, delegado Guilherme Eugênio, a população estava indignada com os furtos cometidos por D.F.P. e, em razão disso, após a prisão incendiaram o veículo utilizado em parte dos crimes. “Foi confirmada a autoria do detido em três furtos. Os policiais militares localizaram o suspeito, e relataram os fatos para os policiais do Deic. Ele foi preso quando estava dirigindo um veículo sem habilitação. Quando foi interrogado, ele disse que estava dirigindo para “esfriar a cabeça”, disse.

O delegado informou que no automóvel de D.F.P., os policiais recolheram ferramentas que ele utilizava para efetuar os arrombamentos. Já na casa do detido, foram apreendidos eletrodomésticos, bebidas, roupas de mesa e banho. “O autor dos furtos levava tudo o que conseguia carregar”, informou.

Durante o depoimento, D.F.P. confessou que escolhia as suas vítimas. “Ele verificava as caixas de correio se estivessem cheias é porque não teria morador na casa. Olhava também os acessos das garagens, se ocorreu a entrada recente de veículos, além disso, conferia o estado de conservação das fechaduras e cadeado. Sempre fazendo uma análise prévia de onde poderia entrar”, explicou Guilherme Eugênio.

D.F.P. foi indiciado pelos crimes de furto qualificado, receptação e encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Guarapari.

Outras operações em Guarapari

A equipe da Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc) de Guarapari, sob responsabilidade do delegado Guilherme Eugênio, apreendeu 161 pinos cheios de cocaína, uma sacola com pedras de crack, com aproximadamente 96 gramas, uma balança de precisão e uma sacola contendo diversos pinos ainda vazios destinados ao envase de cocaína.

O material foi localizado no último dia 28, na residência de C.H.C., de 22 anos, suspeito de gerenciar uma associação criminosa que atuava na venda de drogas. “De acordo com as investigações, ele seria o responsável por distribuir os entorpecentes para outros suspeitos dos grupos venderem a varejo”, informou o delegado.

Além disso, ele possui um mandado de prisão em aberto pelo crime de estupro. “No dia 05 de março, uma mulher de 25 anos foi atacada por um homem que tentou estuprá-la, na região de Lagoa Funda, em Guarapari. A equipe da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Guarapari constatou que o suspeito investigado nessa operação seria o autor do crime. “A pedido da DEAM, a prisão temporária dele foi decretada”, relatou.

O delegado informou que C.H.C. continua foragido, e por isso pede ajuda da população. “Qualquer informação que auxilie o trabalho da polícia pode ser encaminhada ao Disque- Denúncia-181” , disse.

Fonte: Polícia Civil

Você pode Gostar de:

Casa de shows em Guarapari promete realizar o maior Arraiá da cidade.

No dia 13 de julho, a casa de shows Mex Steak & Beer irá realizar …