domingo ,20 setembro 2020
Home / Geral / Solenidade no Palácio Anchieta encerra Projeto HorizontES em Extensão

Solenidade no Palácio Anchieta encerra Projeto HorizontES em Extensão

Mais de 500 pessoas participaram da solenidade de encerramento do projeto HorizontES em Extensão, realizada na manhã desta sexta-feira (6) no Palácio Anchieta, em Vitória.

O evento também marcou as comemorações pelo Dia Nacional do Extensionista Rural e contou com a presença de autoridades, agricultores, técnicos, pesquisadores e extensionistas. O governador Renato Casagrande e a vice-governadora Jaqueline Moraes participaram da entrega das homenagens aos responsáveis por experiências de relevância para o desenvolvimento rural capixaba.

Casagrande relembrou sua atuação em conjunto com extensionistas em Castelo, sua cidade-natal, e sublinhou a vocação dos trabalhadores da pesquisa, assistência técnica e extensão rural. ”Só pode ser extensionista quem gosta das pessoas. Foi esse trabalho que fez as pessoas olharem para mim, porque a gente trabalhava todos os dias da semana. Vida de extensionista é assim. Reunião, visita, isso é só para quem gosta”, disse o governador, que é graduado em Engenharia Florestal.

Foto: Ademir Ribeiro/Secom

Ele também ressaltou o trabalho do Governo do Estado voltado para a o desenvolvimento da agricultura, em especial, dos agricultores familiares.

“É importante reconhecer cada iniciativa e decisão tomada pelas famílias, que se transformam em empresas, sindicatos e associações, mudando assim a vida das pessoas. Agricultura tem tudo a ver com educação. Antigamente, achavam que para trabalhar na agricultura não era preciso estudar e estar antenado com o que acontece no mundo, mas nós só vamos para frente, principalmente na agricultura familiar, se a gente tiver muita educação, investimento e equipamento. Para que possamos produzir mais utilizando cada vez menos recursos naturais, menos água, energia, solo, produto químico. Isso só se faz com educação e inovação”, asseverou Casagrande.

O Projeto HorizontES em Extensão foi elaborado pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), com o objetivo de mostrar 11 experiências de relevância para o desenvolvimento rural capixaba.

O Incaper organizou a formação de uma comitiva com representantes de diversos órgãos da agricultura capixaba: Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag); Centrais de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa); Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes); e Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf). Prefeituras e outras instituições em âmbito municipal também participaram das visitas.

“Percorremos cerca de três mil quilômetros para conhecer, valorizar e apresentar as experiências da agricultura familiar capixaba. São ações muitas vezes consideradas pequenas, mas que podem uma fazer grande diferença na vida das pessoas. Algumas ações têm a mulher como protagonista, outras são carregadas de empreendedorismo, há ainda as que mostram que o campo continua sendo um espaço interessante para os jovens. Enfim, são muitos e bons exemplos que o Espírito Santo traz e é isso que o HorizontES mostra”, disse Jaqueline Sanz, gerente de Assistência Técnica e Extensão Rural do Incaper, ao apresentar o projeto.

Sob aplausos, Débora Cristina Venâncio e Arthur José Regiane, alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Victorio Bravim, de Marechal Floriano, destacaram a importância da permanência da juventude rural no campo. “O Incaper apoia muito a gente. Ajuda os produtores a abrirem as portas das propriedades para gente ter aulas práticas. Com isso, estimula a gente a ficar na roça”, disse a estudante.

O diretor presidente do Incaper, Antônio Carlos Machado, agradeceu aos parceiros e citou os investimentos feitos pelo Governo do Estado na instituição. “Além das parcerias, atribuímos a retomada do crescimento do Incaper ao diálogo e ao compartilhamento das decisões. O espírito de equipe sempre fez parte da atuação do Incaper e o mérito das conquistas é de cada servidor, da família Incaper, que não mede esforços para entregar os melhores resultados à agricultura familiar do Espírito Santo”, pontuou.

O secretário de Estado de Agricultura, Paulo Foletto, ressaltou a atividade da pasta no primeiro ano de gestão. “Conseguimos junto ao Governo investir mais de R$ 3 milhões no Incaper. Investimento esse que é fundamental para o desenvolvimento da agricultura familiar no Espírito Santo. O projeto HorizontES em Extensão é um exemplo disso. Com ele mostramos à sociedade a importância da extensão rural e o papel do Instituto para a agricultura capixaba. Foi um ano de fortalecimento de parcerias buscando um 2020 ainda mais produtivo”, ressaltou Foletto.

Sobre o projeto, o diretor-presidente da Ceasa, Fernando Rocha, enfatizou o fortalecimento da agricultura no Estado e a proximidade com o produtor. “As ações desse projeto mostram a importância de reconhecer e priorizar o interior do Espírito Santo. A Ceasa, em parceria com os demais órgãos que fazem parte da estrutura da agricultura do Estado, tem a prioridade de fortalecer e valorizar o agricultor e a agricultura familiar no Estado”, disse.

Durante a solenidade, os agricultores de todos os municípios visitados pela comitiva receberam uma placa de homenagem, com a assinatura dos envolvidos nos trabalhos. As equipes dos Escritórios Locais de Desenvolvimento Rural do Incaper também receberam uma placa de agradecimento.

Você pode Gostar de:

Polícia intercepta carta com veneno letal enviada à Casa Branca

Investigadores dos EUA interceptaram um envelope endereçado à Casa Branca que continha uma substância identificada …