quarta-feira ,22 setembro 2021
  • canal tempo real no youtube
Home / Geral / Sete moradores em situação de rua decidem retomar os estudos em Guarapari

Sete moradores em situação de rua decidem retomar os estudos em Guarapari

A Prefeitura de Guarapari por meio da Secretaria Municipal de Trabalho, Assistência e Cidadania (Setac), realizou na quinta-feira (26), uma ação no Centro Pop, para fortalecimento dos laços familiares. Durante a programação, sete moradores em situação de rua decidiram retomar aos estudos e agora fazem parte do novo quadro de alunos do Centro Municipal de Educação de Jovens e Adultos (Cmeja). 

Durante a programação, a Diretora do Cmeja, Amled Rodrigues, falou sobre a importância da educação, no acesso e busca aos direitos, na obtenção de um emprego formal e na compreensão de informações e após a sua fala, o que despertou em sete participantes da ação o interesse de retorno aos estudos. “Eles irão receber uniforme, máscara, material escolar e alimentação. Terão todo o nosso apoio para o retorno aos estudos, pois sabemos o quanto isso será importante na vida deles”, disse a diretora. 

O representante do Grupo de Pesquisa e Extensão Ocupação Psicanalítica do Estado, ligado à Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Saulo Castro, conversou com os presentes sobre o tema paternidade, foi um momento de reflexão sobre a relação entre pais e filhos. 

Os participantes receberam lembranças da ação e fizeram corte de cabelo gratuito. “Estou muito feliz em poder proporcionar o corte de cabelo para eles. É nítida a alegria deles e isso é muito bom”, disse a voluntária, Maria Mirian Jesus. 

Aproximadamente 20 assistidos participaram da ação.

“A ação realizada no Centro Pop, em alusão ao Dia dos Pais, visava o fortalecimento dos vínculos familiares e a oferta de vagas na educação, com a presença da diretora do EJA. Esses são dois importantes fatores a serem trabalhados pela equipe para que a pessoa supere a situação de rua. Ver esses resultados de inserção escolar nos motivam a dar continuidade aos trabalhos”, disse a Secretária de Trabalho,Assistência e Cidadania, Breila Mardegan.

Você pode Gostar de:

Empresário morto em queda de avião já foi proprietário de fazenda com 28 escravos na BA

O empresário Celso Silveira Mello Filho, morto na queda do avião com outras 6 vítimas em …