• canal tempo real no youtube
Home / Geral / SAMU 192: em um mês de operação na Região Sul de Saúde foram registrados 1.143 chamados regulados

SAMU 192: em um mês de operação na Região Sul de Saúde foram registrados 1.143 chamados regulados

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) foi implantado na região Sul de Saúde há 46 dias. De acordo com o relatório emitido pelo sistema da Central de Regulação, logo nos primeiros 33 dias de operação da atividade – entre os dias 29 de março a 30 de abril – foram registrados 1.143 chamados regulados, sendo 98 apenas nos primeiros três dias.

Os dados mostram ainda que 81,5% são nomeados como primários, ou seja, oriundo do cidadão. Os outros 8,5%, são secundários, quando a unidade de saúde em que o paciente está internado solicita a sua remoção para outro local apropriado ao seu atendimento.

Entre as principais causas dos chamados estão: acidentes por moto, quedas, mal súbito, Acidente Vascular Cerebral (AVC), Covid-19 e Infarto Agudo do Miocárdio (IAM). Com relação aos desfechos da maioria dos casos, em 426 chamados, o paciente foi encaminhado ao hospital, em 297 o paciente recebeu orientação médica e outros 95 foram cancelados pelo próprio cidadão.

Atualmente, 11 municípios da região Sul de Saúde estão operando com serviço pré-hospitalar móvel de urgência, por meio do programa SAMU para Todos. São eles: Cachoeiro de Itapemirim, Atílio Vivácqua, Muqui, Mimoso do Sul, Guaçuí, Dores do Rio Preto, Divino de São Lourenço, Castelo, Jerônimo Monteiro, Iúna e Irupi.

Os índices foram apresentados na reunião organizada pela Superintendência Regional de Saúde de Cachoeiro de Itapemirim com os prefeitos e secretários municipais onde as atividades estão em funcionamento. Além disso, estiveram presentes representantes do CIM Polo Sul e da empresa Avante Social – Organização Social contratada para execução dos serviços. O encontro foi conduzido pelo superintendente, José Maria Justo.

O superintendente ressalta que a transparência com os gestores é fundamental para manter a organização e aprimorar cada vez mais a execução do serviço, dessa forma, garantindo assistência à sociedade em tempo oportuno.

“É de extrema importância manter a transparência e diálogo de alinhamento com os gestores. Com isso, intensificamos a vigilância sobre a execução dos serviços, garantimos maior resolutividade dos problemas e, consequentemente, maior avanço da Rede de Urgência e Emergência juntamente com o SAMU 192. Estamos sempre buscando a melhor assistência à nossa população”, salientou.

Em sua fala, o prefeito de Jerônimo Monteiro, Sérgio Fonseca Farias, relatou a satisfação com os resultados apresentados. “A população dos municípios que possuem o serviço está muito satisfeita. É uma parceria entre Estado e município que garante a qualidade de vida para os cidadãos da região sul”, disse.

Quando acionar o SAMU 192

Saber como e quando acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência contribui para que ele possa cumprir sua função principal, que é prestar socorro à população em casos de risco à vida. Ao acionar o serviço, é preciso que a pessoa esteja ao lado do paciente para que seja garantido um atendimento ágil e adequado à situação. Em alguns casos, o acompanhante mesmo pode iniciar o atendimento com orientação do médico regulador até que o socorro chegue ao local.

O SAMU 192 realiza atendimento pré-hospitalar com prioridade para casos de risco à vida, por isso as pessoas não devem passar trotes nem ocupar as linhas telefônicas para solicitar atendimentos que não tenham esse foco.

Acione o serviço em casos de:

– Parada cardiorrespiratória;

– Dor forte no peito (infarto);

– Dificuldade de respirar/engasgo;

– Suspeita de acidente vascular cerebral (derrame);

– Intoxicação (envenenamento);

– Queimadura grave;

– Choque elétrico;

– Acidente de trânsito com vítima;

– Queda grave e fratura;

– Afogamento;

– Surto psiquiátrico;

– Ferimento causado por arma de fogo ou arma branca;

Você pode Gostar de:

Governo do Espírito Santo divulga 59º Mapa de Risco Covid-19

O Governo do Estado anunciou, nesta sexta-feira (11), o 59º Mapa de Risco Covid-19, que …