quinta-feira ,15 abril 2021
  • canal tempo real no youtube
Home / Geral / Policial militar mata a mulher e se mata em seguida

Policial militar mata a mulher e se mata em seguida

Mais um caso de feminicídio foi registrado no Distrito Federal nesta terça-feira (7). Adriana Castro Rosa Santos, de 40 anos, foi assassinada pelo marido, o policial militar Epaminondas Silva Santos, de 51, que, em seguida, se matou.

Brasília
O policial militar Epaminondas Silva Santos matou a mulher e depois tirou a própria vida

O crime aconteceu por volta das 10h, na frente da casa da mãe de Adriana. Informações preliminares dão conta de que o PM chegou ao local em uma moto, chamou a vítima para conversar e atirou nela. Em seguida, se matou. O casal tinha dois filhos de 11 e 8 anos.

Segundo informações do “Correio Braziliense”, uma vizinha afirmou que apesar de ainda serem legalmente casados, os dois estavam separados e, por isso, Adriana estava na casa da mãe.

Brasília 2
Adriana Castro Rosa Santos foi morta pelo marido em mais um caso de feminicídio

A morte ocorre no dia em que a Lei Maria da Penha completa doze anos. Também nesta terça-feira, uma mulher caiu do terceiro andar de um prédio na Asa Sul. O marido foi preso, suspeito de ter cometido o crime.

Tell Miranda

Jornalista e radialista

More Posts - Website

Você pode Gostar de:

Filas enormes na reabertura das casas lotéricas em Guarapari

O dia amanheceu com muitas filas na reabertura das casas lotéricas em Guarapari. Na lotérica da Joaquim da Silva Lima no Centro da cidade, muitos clientes tiveram que ficar dentro das galerias para se proteger da chuva.