sexta-feira ,17 setembro 2021
  • canal tempo real no youtube
Home / Geral / Perseguição policial para recuperar carro furtado termina na ponte de Guarapari

Perseguição policial para recuperar carro furtado termina na ponte de Guarapari

Uma perseguição policial na noite de quarta-feira (2), terminou com três suspeitos de furtarem um carro detidos em cima da ponte de Guarapari.

De acordo com relato de uma testemunha, um dos policiais deu um tiro para o alto, já que os suspeitos não obedeceram a ordem de parada dos militares, “eu estava na ponte pescando aconteceu na minha frente. Os policiais vieram em perseguição com um carro branco em baixa velocidade, vendo que depois de muitas ordens de parada, o veículo não obedecia os policiais, então, um deles efetuou um disparo para cima”.

Várias viaturas da polícia foram deslocadas para a ponte de Guarapari Foto: Colaborador

Assim que a polícia recebeu a informação do furto, a viatura iniciou uma ronda em várias ruas do Centro.

Em determinado momento foi avistado um veículo com as características informadas aos policiais. Diante do fato, foi realizado o acompanhamento do veículo, que tentou fugir da viatura, sendo abordado na ponte de Guarapari.

Três indivíduos estavam no interior do carro, sendo que um  deles, o motorista, dispensou uma sacola  e tentou fugir dos policiais com intuito de pular no mar, porém foi alcançado e impedido de realizar a ação.

Trânsito parado no início da ação na ponte no sentido Muquiçaba Foto: Colaborador

Após verificações, constatou-se que se tratava do veículo furtado, estando assim com restrição de furto. Dentro da sacola arremessada pelo condutor do veículo foi encontrado 21 pedras de cocaína, 25 pedras de crack, 01 porção de crack e 02 comprimidos de ecstasy.

O material estava embalado, pronto para a comercialização. Os abordados  foram encaminhados para a delegacia juntamente com o material apreendido. O veículo também foi guinchado para o local.

Um jovem pescador que estava na ponte realizando uma pescaria, disse que após toda a ação dos policiais, eles foram até eles e pediram desculpas pelo transtorno. “Os policiais vieram até nós e explicaram que se tratava de um ladrão que estava assaltando uma família antes, nos agradeceu e pediu desculpas pelo transtorno”. O O jovem aproveitou para destacar o trabalho da Polícia Militar. “Parabéns ao trabalho da Polícia Militar de Guarapari”.

Você pode Gostar de:

Copo de café e quarto de hotel: entenda como a PF descobriu que Zé Trovão estava no México

Um copo de café e um quadro na parede foram detalhes suficientes para que investigadores da Polícia Federal identificassem que o líder bolsonarista Marcos Antônio Pereira Gomes, o Zé Trovão, estava foragido na Cidade do México.