segunda-feira ,12 abril 2021
  • canal tempo real no youtube
Home / Geral / Pai e filho são presos por aplicar golpe da falsa aposentadoria em Guarapari

Pai e filho são presos por aplicar golpe da falsa aposentadoria em Guarapari

O pai e o filho foram presos pela polícia após aplicarem o golpe da falsa aposentadoria. Marcos  Santana  Soares, 58  e  o filho Alex  Honorato  Soares, 32 anos foram presos em Guarapari na tarde desta quinta-feira (1), em Guarapari.

Foto: Polícia Civil

De acordo com o delegado Jefferson Wagner Gomes da Silva , o pai o e filho aplicaram o golpe em uma idosa de 73 anos. “Marcos  e  Alex  falaram  que  eram funcionários  do  INSS  e  que conseguiriam a aposentadoria para dois filhos de uma senhora de 73 anos,um deles é deficiente. Ela pagou R$ 2.500,00 para os estelionatários, que prometeram as aposentadorias em quinze dias”.

Foto: Polícia Civil

Os dois suspeitos foram presos na Praia do Morro, “diante  dos  fatos  e  do  flagrante,  policiais  civis  e  militares  se deslocaram para  a  residência  dos  dois,  na Praia  do  Morro,  onde encontraram  diversos  documentos  falsificados,  como  identidades  e carteiras de trabalho”.

Foto: Polícia Civil

O delegado informou que Marcos Santana estava no regime semiaberto em Vila Velha, e ganhou o benefício da saidinha em março e não retornou, “por conta disso,contra ele havia um mandado de prisão. Ambos têm inúmeras passagens na polícia”.

Alex e Marcos foram presos em flagrante por estelionato contra idoso e falsificação de documento público.

As penas podem chegar a 16 anos de prisão. Eles foram encaminhados ao CDP de Guarapari. A  Polícia Civil do Espírito Santo pede para, caso haja   mais  vítimas,  que  elas  se apresentem no DPJ de Guarapari.

Tell Miranda

Jornalista e radialista

More Posts - Website

Você pode Gostar de:

Filas enormes na reabertura das casas lotéricas em Guarapari

O dia amanheceu com muitas filas na reabertura das casas lotéricas em Guarapari. Na lotérica da Joaquim da Silva Lima no Centro da cidade, muitos clientes tiveram que ficar dentro das galerias para se proteger da chuva.