domingo ,26 setembro 2021
  • canal tempo real no youtube
Home / Geral / Operação cavalo de aço para previnir acidentes de motos em Guarapari

Operação cavalo de aço para previnir acidentes de motos em Guarapari

A operação cavalo de aço teve início na tarde desta quinta-feira (04)  no município de Guarapari com o objetivo de conscientizar os motociclistas.

Foto: Divulgação PM

Segundo as estatísticas, no mês de janeiro deste ano foram contabilizados 67 acidentes de trânsito envolvendo motocicletas no município de Guarapari. Além disso, pelo menos 75% desse tipo de ocorrência é com vítima, vindo alguma pessoa envolvida a se ferir, podendo ter sequelas graves para sua vida ou até mesmo vindo a óbito.

Diante dessa realidade, a Polícia Militar iniciou uma fiscalização com foco na abordagem a motociclistas que ocorre em vários pontos simultâneos. O objetivo é prevenir acidentes de trânsito e fiscalizar toda documentação exigida por lei além flagrar possíveis ações incompatíveis com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

O Comandante do 10º Batalhão tenente-coronel Emerson Caus, explica que diversas infrações ainda são comuns para alguns motociclistas, como a alteração da característica de fábrica do cano de descarga, o que ocasiona um barulho incômodo aos demais usuários da via e à comunidade em geral.

O uso inadequado de calçados compatíveis com a condução do veículo; O uso de retrovisores fora das normas, ou a própria falta dos retrovisores; As ultrapassagens em locais proibidos ou ultrapassagens pela direita além dos condutores inabilitados ou conduzindo motocicletas com a documentação vencida.

A imprudência é fator relevante nos acidentes de moto. Precisamos orientar o condutor a seguir as normas de trânsito. Nossa meta é conferir maior segurança para os usuários da via pública, finalizou o Comandante do 10º Batalhão.

Você pode Gostar de:

Grávida do primeiro filho, Geisa Oliveira, ex-Seleção Brasileira de basquete, morre aos 42 anos

A ex-jogadora Geisa Oliveira, tetracampeã nacional de basquete, morreu nesta sexta-feira, aos 42 anos, vítima de uma parada cardiorrespiratória.