segunda-feira ,12 abril 2021
  • canal tempo real no youtube
Home / Geral / Motociclista sem carteira atropela mulher e foge sem prestar socorro

Motociclista sem carteira atropela mulher e foge sem prestar socorro

Uma mulher foi atropelada na tarde desta terça-feira (14),  por volta das 16h, na avenida Ewerson de Abreu Sodré, no bairro Muquiçaba em Guarapari, por uma motocicleta, na faixa de pedestre, em frente ao Posto Guarave e ao Hospital São Pedro. Ela teve fratura exposta na perna esquerda. A filha dela não ficou ferida.

A vítima teve fratura exposta em uma das pernas. A filha dela não foi atingida e acompanha ao lado do pai, o socorro da mãe pela equipe do Samu Foto: Tell Miranda

De acordo com informações de testemunhas, Idelcy Miranda 49 anos, atravessava a faixa de pedestres, com a filha de 18 anos, quando foi atingida pela motocicleta, que seguia no sentido bairro Aeroporto.

Segundo informações da polícia, o condutor da motocicleta não tinha carteira de habilitação e fugiu do local sem prestar socorro.

Foto: Tell Miranda

Um cerco foi feito e ele foi detido nas proximidades do Hotel Porto do Sol na Praia do Morro em Guarapari. Ele estava acompanhado da mãe. Os dois foram colocados na viatura e levados até o local do acidente.

Uma das pistas ficou interditada para o socorro a vítima, e os motoristas tiveram que seguir por trás do posto de combustíveis. A Polícia Militar esteve no local. Foto: Tell Miranda

O jovem de 18 anos foi depois levado para a delegacia de Guarapari. A mãe dele foi liberada. A vítima recebeu todo o apoio da equipe do Samu que ficou durante alguns minutos, no posto de combustível para estabilizar a saúde do paciente.

O jovem de 18 anos foi colocado na viatura da Polícia Militar e levado para a delegacia de Guarapari Foto: Tell Miranda

O marido dela e a filha acompanharam todo o atendimento dos profissionais da saúde, e estavam em estado de choque. Idelcy Miranda foi levada para a UPA de Guarapari, e possivelmente será encaminhada para Vitória para o centro cirúrgico. Ela é moradora do bairro Ipiranga.

Nós tentamos ouvir a mãe e o filho, que estavam dentro da viatura, mas preferiram não gravar entrevista, pois estavam abalados. A mãe apenas falou que um carro teria atrapalhado a visão deles.

Tell Miranda

Jornalista e radialista

More Posts - Website

Você pode Gostar de:

Filas enormes na reabertura das casas lotéricas em Guarapari

O dia amanheceu com muitas filas na reabertura das casas lotéricas em Guarapari. Na lotérica da Joaquim da Silva Lima no Centro da cidade, muitos clientes tiveram que ficar dentro das galerias para se proteger da chuva.