quinta-feira ,13 maio 2021
  • canal tempo real no youtube
Home / Geral / Mãe e três filhos morrem de Covid em duas semanas no ES

Mãe e três filhos morrem de Covid em duas semanas no ES

As duas últimas semanas foram de muita tristeza para uma família de Pinheiros, no Norte do Estado. Nesses 14 dias, o novo coronavírus (Covid-19) levou a mãe, uma idosa de 91 anos, e três dos seus oito filhos. Uma outra filha da aposentada também está internada em uma unidade do município, mas passa bem.

Marilda da Mota, Pedro Piu da Mota, Maria Aparecida Mota e dona Iraci Pereira da Mota (esq. p dir.) Foto: Reprodução/Acervo Familiar

O filho de uma das vítimas, o autônomo Tonny Pereira da Mota, de 44 anos, explicou como tudo aconteceu. De acordo com o vendedor de marmitas e espetinhos, a primeira a adoecer foi a avó dele, a aposentada Iraci Pereira da Mota, 91 anos.

Ela precisou ser levada para o hospital no dia 22 de março e morreu no dia 25 do mesmo mês, no dia de seu aniversário e antes de conseguir uma vaga na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 

Logo depois, Pedro Piu Pereira da Mota, de 67 anos, também adoeceu e precisou ser hospitalizado. Ele, que morava com a mãe, morreu no dia 26 de março, um dia após dona Iraci e sem saber da morte dela. O idoso era envolvido com esportes no município e, segundo seu sobrinho, tinha duas filhas.

A mãe de Tonny, a professora Marilda Pereira da Mota, de 69 anos, também foi infectada pela doença e foi intubada na UTI do Hospital Roberto Silvares, em São Mateus. Ela, que tinha três filhos, não resistiu às complicações da doença e morreu na última segunda-feira.

A última a morrer, foi a também professora, Maria Aparecida Mota do Livramento, de 63 anos, na madrugada desta quinta-feira (8). De acordo com Tonny, ela estava internada em um hospital particular em Linhares.

Uma outra tia do autônomo HildeBranda Pereira da Mota, também está internada, mas passa bem. 

Com informações do Tribuna Online.  

Você pode Gostar de:

Professores e idosos com mais de 60 anos serão vacinados contra a Influenza em Guarapari

A Prefeitura de Guarapari, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), inicia na próxima terça-feira (11) a vacinação de professores e idosos de 60 anos ou mais, contra a influenza H1N1, atual grupo da 23ª Campanha Nacional.