quarta-feira ,22 setembro 2021
  • canal tempo real no youtube
Home / Geral / Jovem de 33 anos morre após ser atropelada em Guarapari

Jovem de 33 anos morre após ser atropelada em Guarapari

Uma jovem de 33 anos morreu na tarde desta quinta-feira (26), no Parque Areia Preta em Guarapari e o companheiro ficou gravemente ferido. De acordo com informações de testemunhas confirmadas pela câmera de videomonitoramento, a condutora do veículo Fox branco perseguiu e atropelou o casal que estava em uma moto CG 125. O motivo seria uma discussão de trânsito.

Rua Jacinto de Almeida one a jovem foi atropelada Foto: Tell Miranda

De acordo com informações da polícia, tudo começou após uma briga de trânsito, onde o condutor da moto Webster Luiz Santos lopes teria avariado o retrovisor do carro da mulher conduzido por Karen keithy Moraes Ferreira 36 anos. Depois de uma discussão, os dois veículos seguiram pela rua Jacinto de Almeida na contramão no Parque Areia Preta em Guarapari.

A condutora foi atrás da moto e atropelou o casal. Após a queda Franciane Bueque da Silva de 33 anos, não resistiu e veio a óbito. O Samu e o Corpo de Bombeiros foram até o local e confirmaram a morte. O condutor da moto foi socorrido e encaminhado para o hospital São Lucas em Vitória com traumatismo craniano.

Após atropelar o casal,  que seriam marido e mulher na versão da mãe, e depois outros conhecidos chegaram a dizer que os dois eram namorados, a condutora do veículo não parou e arrastou a moto CG 125 a aproximadamente 600 metros.

A perícia da Polícia Civil esteve no local para colher mais informações do atropelamento Foto: Tell Miranda

Para a polícia a condutora informou que estava com muita raiva. Ela foi presa em flagrante e colocada na viatura da Polícia Militar onde permaneceu até o momento em que o corpo da vítima foi recolhido do local, por volta das 16h30. Um carro que estava estacionado teve avarias na parte da frente após ser atingido pelos veículos.

A mãe disse que ficou sabendo do acidente através de uma amiga. Ela foi até o local e ficou sentada em uma cadeira. Em um determinado momento ela se levantou e foi em direção ao corpo e reconheceu que era a sua filha através do chinelo, pois o corpo estava coberto. Após a mulher ser retirada do local pela viatura, os parentes das vítimas começaram a gritar como forma de protesto. Ela foi presa em flagrante e levada para a delegacia de Guarapari.

Franciane era moradora do bairro Nossa Senhora de Fátima. Ela já trabalhou em um quiosque na Praia dos Namorados em Guarapari. O marido trabalhava como motoboy.

Veja aqui a transmissão ao vivo do local

Tell Miranda

Jornalista e radialista

More Posts - Website

Você pode Gostar de:

Guarda-vidas “Pezão” recebe homenagem em Guarapari

O guarda-vidas Ariesley Alves Moreira Pereira, 39 anos, mais conhecido como “Pezão” foi homenageado na manhã desta quinta-feira (16), na Praia do Meio em Guarapari