domingo ,17 novembro 2019
Home / Geral / Jovem de 19 anos é assassinado por engano em hospital

Jovem de 19 anos é assassinado por engano em hospital

O jovem Gabriel Minossi foi morto por engano quando estava internado em um hospital no Rio Grande do Sul. Ele não tinha passagem pela polícia e foi morto por engano. O crime abalou a cidade de São Leopoldo.

A morte de Gabriel Minossi, 19 anos, abalou a cidade de São Leopoldo no Rio Grande do Sul. O jovem receberia alta nos próximos dias, mas foi morto por uma quadrilha que buscava executar outro homem na madrugada desta sexta-feira.

Gabriel Minossi estava internado por conta de um acidente de trânsito ocorrido no começo do mês. Quatro homens fortemente armados invadiram o hospital após às 4h da madrugada e renderam os seguranças. O alvo dos criminosos era um paciente de 28 anos que acumula duas passagens por homicídio e tráfico de drogas. Além, de Gabriel que morreu no local, outras duas pessoas ficaram feridas durante o ataque.

Em entrevista ao jornal “O Globo”, o delegado Alexandre Quintão, da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) de São Leopoldo afirmou que dois membros da quadrilha aguardaram no lado de fora do hospital.

Gabriel não tinha nenhuma passagem pela polícia e já deveria ter recebido alta. Permanecia no hospital porque estava com pressão alta. O Hospital Centenário publicou uma nota oficial sobre o caso. Leia abaixo:

“Em relação ao fato ocorrido na madrugada desta sexta-feira, dia 9 de novembro, entraram no Hospital, executando um paciente e ferindo outras duas pessoas, a Direção do Hospital Centenário esclarece:

Na quinta-feira, ao tomar conhecimento do ingresso de paciente vítima de arma de fogo, com informações de ameaças à sua integridade física, a Procuradoria Jurídica do Hospital emitiu ofício (nº 216/208) ao 25º Batalhão da Brigada Militar, solicitando escolta a esse paciente, o que não foi atendido.

Por medida de segurança interna, o paciente foi transferido de leito para um quarto de isolamento. Pelo mesmo motivo, o leito ocupado por este paciente foi bloqueado não sendo ocupado por nenhum outro paciente.

Dado à gravidade do ocorrido, no início da manhã, foi emitido novo ofício (nº 208/2018), ao 25º Batalhão, solicitando reforço de escolta.

A Direção do Hospital Centenário lamenta profundamente o desfecho deste episódio, que vitimou um paciente internado na instituição, e feriu outras duas pessoas. Da mesma forma, reitera as medidas de segurança, e, tão logo seja possível, serão restabelecidos os fluxos de visitas e de acompanhantes”.

Com informações do Yahoo.

Você pode Gostar de:

Sedu abre Chamada Pública da Agricultura Familiar

Secretaria da Educação (Sedu) abriu a Chamada Pública da agricultura familiar e empreendedor familiar rural …