terça-feira ,19 novembro 2019
Home / Geral / Infestação de caramujo em Anchieta

Infestação de caramujo em Anchieta

Os moradores estão preocupados com a infestação de caramujo africano, na comunidade de Parati, no município de Anchieta, na rua do posto de saúde da comunidade.

Nas fotos enviadas para a nossa redação, é possível ver a quantidade do molusco, no muro e até no asfalto. De acordo com um morador, foi feito um contato com a prefeitura do município, mas até a publicação desta matéria, ninguém apareceu para tentar solucionar esta situação, informou o morador.

De acordo com dados da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), as espécies invasoras representam a segunda maior ameaça à biodiversidade em todo o planeta, só perdendo para os desmatamentos.

No Brasil, um exemplo com impactos negativos para a natureza, a economia e também para a saúde humana é o caramujo africano, introduzido no país no final da década de 80, importado ilegalmente do leste e nordeste africanos como um substituto mais rentável do escargot.

O Departamento de Malacologia do Instituto Oswaldo Cruz (IOC) da Fiocruz, que é centro de referência nacional em malacologia médica, atua na identificação do molusco e no estudo das doenças que ele pode transmitir ao homem.

Quase uma tonelada de sardinha é descartada em uma estrada de terra em Ubu

Na praia do Além, em Ubu, no município de Anchieta, foi descartada quase uma tonelada de sardinhas. Um morador da região viu a cena, e logo fez um contato com a prefeitura de Anchieta.

Funcionários da prefeitura foram até o local e fizeram a retirada dos peixes, “isso é um crime ambiental”, disse o morador. A estrada de terra, dá acesso a Praia. Dois baldes utilizados para descartar os peixes, foram encontrados no local.

Tell Miranda

Jornalista e radialista

More Posts - Website

Você pode Gostar de:

Mecânico morador de Guarapari precisa de ajuda após sofrer acidente

O mecânico Matheus Santos, de 22 anos, sofreu um acidente no dia 20 de julho …