• canal tempo real no youtube
Home / Geral / Igreja católica de São Vicente sofre com vandalismo e comunidade pede apoio a prefeitura de Anchieta

Igreja católica de São Vicente sofre com vandalismo e comunidade pede apoio a prefeitura de Anchieta

A comunidade de São Vicente, zonal rural do município de Anchieta cobra da prefeitura da cidade uma atenção, pois segundo os moradores, a região está abandonada.

Foto: Tell Miranda

De acordo com a coordenadora da igreja de São Vicente, Marcia, falta mais atenção do poder público. Ela, o marido e outros colaboradores da comunidade, apesar do pouco recurso, fazem o que podem para deixar em pé a igreja.

A nossa reportagem esteve na manhã deste domingo (18), mais uma vez na região, e chegamos no momento em que ela, o marido e mais alguns voluntários cuidavam da limpeza do pátio e a preparação da missa que seria realizada no período da tarde.

Ela pede ajuda da prefeitura de Anchieta para colocar uma luminária no pátio da igreja e também colaborar com a reforma dos banheiros, “nossos banheiros, além de não ser muito bom, também tem muito vandalismo”. A prefeitura de Anchieta também deveria dar mais um pouco de apoio a nossa comunidade, ela não dá, como aqui atrás da nossa igreja, a gente gostaria de ter uma luminária, a gente não tem, fica muito escuro”.

Igreja de São Vicente em Anchieta Foto: Tell Miranda

A coordenadora reforça a dificuldade de manter o local limpo pelo vandalismo e a falta de respeito de algumas pessoas, que usam o pátio como motel e até mesmo uso de drogas, “é difícil porque é um lugar que vem muita gente e muita gente não respeita, eles usam o pátio da igreja, eles deixam lixo, até camisinha na porta da igreja, a gente já encontrou”.

Pátio atrás da igreja católica de São Vicente, onde a comunidade pede a instalação de uma luminária Foto: Tell Miranda

A escola que existia no pátio da igreja foi desativada e a comunidade aproveitou para fazer por conta própria um barracão do lado, “a própria comunidade que fez isso aqui”.

Marcia reforça a ausência de apoio, “fazemos o que podemos, nós não temos muito recurso, a própria comunidade, por ser poucos moradores, e nem da parte da prefeitura de Anchieta, que também, ela não dá muita assistência, ver o que a comunidade está necessitando”.

O tesoureiro da igreja Hermes Calenti, recolheu do pátio, latas de cerveja e informou que já encontrou camisinhas usadas e até cueca abandonada, ”encontro todo tipo de lixo, usa as drogas, larga tudo ali, até defecaram uma fez dentro do galpão, fizeram churrasco na parede da igreja”.

Calenti informou que foi preciso colocar uma porteira logo na subida para evitar o vandalismo, “nós fizemos uma porteira lá embaixo, resolveu um pouco, mas agora eles estão vindo a pé”.

Ele cobra da guarda municipal de Anchieta uma ronda noturna na região para coibir esses tipos de abuso.

A nossa reportagem entrou em contato com a prefeitura sobre as demandas da comunidade.

Nota

“Sobre a iluminação, a Secretaria de Infraestrutura informou que irá ao local avaliar a demanda para instalação de pontos de iluminação.

Sobre a guarda, a corporação informou que irá dar mais atenção ao patrulhamento noturno ao local, por meio do Patrulhamento Rural, que já realiza rondas na comunidade.  Uma sugestão de segurança da Guarda, é que também a igreja instale lâmpadas externa e realize o cercamento/muro do local, que é totalmente aberto.

Sobre os banheiros, a Infraestrutura solicitou que a comunidade, por meio de associação ou representantes, protocole um pedido junto à prefeitura, para a equipe responsável visite e avalie a real demanda”, diz a nota da prefeitura de Anchieta”, diz a nota.

Veja abaixo o vídeo completo

Tell Miranda

Jornalista e radialista

More Posts - Website

Você pode Gostar de:

Encontrada em Minas Gerais moradora desaparecida de Guarapari

A moradora de Iguape, área rural de Guarapari, Josiane Rodrigues Alves, 40 anos, foi encontrada no distrito de Tabaúna,distrito de Aimorés em Minas Gerais