quinta-feira ,23 setembro 2021
  • canal tempo real no youtube
Home / Geral / Guarapari registra baixa procura por vacina da influenza

Guarapari registra baixa procura por vacina da influenza

A Prefeitura de Guarapari, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), está realizando a vacinação contra a gripe. No momento estão sendo atendidos professores e idosos de 60 anos ou mais, contra a influenza H1N1, atual grupo da 23ª Campanha Nacional.

Neste ano, a campanha iniciou em abril, contemplando as crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade, gestantes e puérperas, mas devido à vacinação contra a covid-19, o município vem registrando baixa procura pela vacina da gripe. 

Segundo a Coordenadora de Imunização do Município, Kátia Regina Santos, a partir do momento em que foi iniciada a vacinação para idosos, houve um aumento na procura pela vacina contra a influenza, mas ainda é considerado baixo em relação aos outros anos, devido a prioridade de todos em serem vacinados contra Covid-19 primeiro. “Até a última sexta-feira (14), tínhamos o número de 4.064 pessoas vacinadas. A meta de cobertura vacinal para todos grupos é de 90%  e o município ainda não atingiu essa cobertura dos grupos já contemplados”, disse Kátia.  

No município, a vacinação contra a gripe acontece no período da manhã, de 7h30 às 11h30, nas Unidades de Saúde, que possuem sala de vacina. Vale ressaltar que as salas de vacina continuaram funcionando normalmente, até às 15h, para as demais rotinas de vacinação do calendário. Vale lembrar também que no Centro Municipal de Saúde, às quartas e sextas pela manhã, é aplicada apenas a BCG.

É importante ressaltar que, caso o idoso ou professor tenha tomado a a vacina Covid-19, é necessário esperar 14 dias para tomar a vacina da Influenza, pois as vacinas não podem ser administradas simultaneamente.

A vacinação contra influenza tem como objetivo reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da Influenza, na população alvo para a vacinação, nesta primeira fase da campanha.

Não é necessário o agendamento para essa vacinação. É preciso levar o cartão de vacina, documento de identidade e o cartão SUS.

A Semsa reforça com a população que não há necessidade de passar a noite na fila ou chegar muito cedo, pois há garantia de vacinação de todo o público prioritário da campanha.

Seguindo as mais recentes determinações do Governo Estadual quanto a evitar aglomerações, o município ressalta a importância do uso de máscaras e distanciamento nas filas.

Você pode Gostar de:

Empresário morto em queda de avião já foi proprietário de fazenda com 28 escravos na BA

O empresário Celso Silveira Mello Filho, morto na queda do avião com outras 6 vítimas em …