quinta-feira ,21 novembro 2019
Home / Geral / Governo do Estado recebe primeira equipe de supervisores da APS

Governo do Estado recebe primeira equipe de supervisores da APS

O Governo do Estado deu o primeiro passo em busca de ampliar a cobertura, inovar e qualificar a Atenção Primária em Saúde no Espírito Santo.

Nesta terça-feira (22), foram recebidos os 40 médicos especialistas em Medicina de Família e Comunidade, que vão atuar como supervisores do Programa Qualifica APS, desenvolvido pelo Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde (ICEPi). 

Durante o evento, que aconteceu no Palácio Anchieta, em Vitória, também foram entregues recursos para aquisição de equipamentos hospitalares e veículos.

Foto: Hélio Filho/Secom

O governador Renato Casagrande, o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, e a diretora geral do ICEPi, Quelen Tanize Alves da Silva, fizeram a recepção dos profissionais.

“No próximo dia 14, vamos lançar o programa de formação da atenção primária. Teremos profissionais especializados em atenção primária. Em todas as profissões temos quem é resolutivo e quem não é, inclusive, no meio político. Com médicos não seria diferente. Tem aquele médico que resolve e tem médico que empurra com a barriga. Queremos treinar profissionais resolutivos para que possam atender a família e dar os encaminhamentos necessários para que se resolva o problema ainda na comunidade. Se não for lá, que possamos resolver na nossa rede de atenção primária e que não fique empurrando o problema para frente”, pontuou o governador.

Secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes Foto: Hélio Filho/Secom

Em sua fala, o secretário Nésio Fernandes ressaltou o papel do Governo do Estado no resgate de políticas públicas e da sua presença na comunidade em busca de reorientar o modelo de atenção:

“Seremos um Estado presente na vida da comunidade. Tentaremos reorientar todo nosso modelo de atenção para uma atenção primária em saúde resolutiva, humanizada, integral. Com a estratégia que o Governo inaugura, com a qualificação da Atenção Primária em Saúde, na formação em serviço, da educação pelo trabalho, esse movimento tem um tempo e o tempo de no décimo mês, no primeiro ano de gestão. Isso é política de Estado.”

A diretora geral do ICEPi, Quelen da Silva, ressaltou a importância em dar concretude às ações propostas que buscam mudar o modelo de Atenção em Saúde do Estado: “Recebemos hoje atores estratégicos, que são os supervisores, e que junto aos municípios, irão qualificar, ampliar o acesso à APS, buscando colocar o Espírito Santo entre os melhores estados”, afirmou.

Os primeiros supervisores do programa irão trabalhar em atividades docente-assistenciais com os médicos que atuarão nas equipes de Saúde da Família em todo o Estado, por meio do Edital ICEPi/SESA Nº 007/2019.

Estiveram presentes o líder do Governo na Assembleia Legislativa, Enivaldo dos Anjos; os deputados estaduais Hércules Silveira, José Esmeraldo, Renzo Vasconcelos, Hudson Leal e Freitas; o secretário-chefe da Casa Militar, coronel Aguiar; os subsecretários de Estado da Saúde Fabiano Ribeiro dos Santos, Gleikson Santos e Tadeu Marino; o diretor geral do Hospital Estadual Doutor Jayme dos Santos Neves, Rogério Griffo e do Hospital Estadual Central, Rubens Félix; a presidente da Associação Pestalozzi do município de Guarapari, Maria Lúcia Gomes; a presidente da Apae de Cachoeiro de Itapemirim, Vilma Campos da Silva; e representantes da Associação Capixaba de Medicina de Família e Comunidade e da Sociedade Brasileira de Medicina de Família em Comunidade.

Alinhamento

Oriundos do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, os médicos que irão atuar nas atividades docente-assistenciais do Programa de Qualificação da Atenção Primária à Saúde, estiveram presentes na solenidade.

Do município de João Monlevade, interior de Minas Gerais, a médica especialista em Medicina de Família e Comunidade há 8 anos, Ariane Ribeiro Pinheiro, falou sobre a oportunidade de atuar na área no Espírito Santo. “Assim que vi o edital achei muito coerente com o que nós médicos de família e comunidade precisamos. Um lugar que tenha integração da rede com o que a população necessita. E como facilitadores desse processo, nosso papel será de extrema importância para mostrar como o médico de família e comunidade pode trabalhar utilizando as ferramentas próprias da especialidade, que é o método clínico centrado na pessoa”, disse.

As atividades terão continuidade na tarde desta terça-feira com a participação dos médicos em uma formação conceitual sobre a metodologia de trabalho. O evento será no Auditório da Faculdade Multivix, em Vitória. A formação inicial vai durar cinco semanas e o final coincidirá com a entrada dos profissionais que atuarão nas Equipes de Saúde da Família. Os supervisores atuarão na carga horária específica e a bolsa será paga pelo Governo do Estado, com valor variando de R$ 7.000,00 a R$ 16.000,00, conforme o número de equipes e municípios sob sua responsabilidade.

Programa Qualifica APS

O Programa de Qualificação da Atenção Primária à Saúde, o Qualifica APS, é conduzido pelo ICEPi e visa a promover a qualificação da APS dos municípios por meio de iniciativas que vão desde formação em saúde, informação em saúde, apoio institucional até infraestrutura tecnológica.

Entre as ações que o programa executa, destaca-se o componente de provimento e qualificação de pessoal, a exemplo do recrutamento e seleção de profissionais médicos, enfermeiros e cirurgiões dentistas. As inscrições estão abertas até dia 30 de outubro, no site https://saude.es.gov.br/icepi, para compor as equipes de Saúde da Família dos 76 municípios capixabas que aderiram ao programa.

Além dos médicos supervisores especialistas em Medicina de Família e Comunidade, o programa está em fase final de seleção de tutores cirurgiões dentistas e enfermeiros especialistas em Saúde da Família e Comunidade.

Em breve, o governador Casagrande receberá, também no Palácio Anchieta, os tutores cirurgiões-dentistas e enfermeiros e dos profissionais que atuarão nas equipes dos municípios, respectivamente.

Entregas de recursos e veículos

Ainda durante a solenidade, o governador Renato Casagrande anunciou o repasse de R$ 4.406.235,00 aos hospitais estaduais Dr. Jayme dos Santos Neves, localizado na Serra, e Hospital Central, em Vitória. Os recursos serão destinados para aquisições de equipamentos, sendo R$ 3.045.235,00 para o Hospital Estadual Central e R$ 1.361.000,00 para Hospital Estadual Dr. Jayme dos Santos Neves.

Foi anunciada também a doação de dois veículos por parte do Ministério da Saúde para o fortalecimento das ações de Vigilância em Saúde no Espírito Santo. Os veículos, de modelo Mitsubishi L200 Triton GL Diesel, serão destinados à nova Subsecretaria de Vigilância em Saúde. E entregues dois veículos adaptados para a Pestalozzi de Guarapari e um veículo adaptado para a Apae de Cachoeiro de Itapemirim, no valor de R$ 183.980,00 cada.

Você pode Gostar de:

Detran|ES divulga lista de suplentes do CNH Social nesta segunda-feira (18)

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) abrirá mais uma oportunidade para os …