quinta-feira ,1 outubro 2020
Home / Geral / Governador pede adequação do setor de turismo às normas sanitárias

Governador pede adequação do setor de turismo às normas sanitárias

O governador do Estado, Renato Casagrande, em solenidade virtual, na tarde desta terça-feira (09), convidou toda a cadeia produtiva do turismo a aderir aos protocolos sanitários de enfrentamento ao novo Coronavírus (Covid -19) e a colaborarem na estruturação do Plano de Retomada da Economia do Turismo, elaborado pela Secretaria de Turismo (Setur). A adoção dos protocolos específicos de 15 atividades que compõem o segmento econômico do turismo é o primeiro passo para ação de retomada.

Casagrande destacou a necessidade de amparo à cadeia produtiva do turismo por sua vulnerabilidade aos efeitos econômicos da pandemia. “Vivemos um momento de ansiedade e o turismo talvez seja o setor mais afetado. O turismo vive da movimentação das pessoas, do conhecimento de locais novos, de eventos e vive da presença nos hotéis, pousadas, bares e restaurantes. Talvez seja o setor mais impactado pela não aglomeração”, alertou.

O governador falou ainda das ações do Governo do Estado para diminuir o impacto sobre o setor. “Tudo o que necessitamos fazer hoje é contrário ao crescimento do turismo. Qualquer ação nossa que pode dar perspectiva de retomada do turismo, com muita segurança, é muito importante. Neste momento temos que apoiar as pessoas e as empresas para quando for autorizada a retomada. Estamos com linhas de crédito que muitas empresas do turismo estão acessando”, disse.

Os protocolos sanitários, divulgados na última semana pelo Ministério do Turismo, são validados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e reúnem  requisitos básicos do selo “Turismo Responsável – Limpo e seguro” que será utilizado em todo o Brasil. O objetivo é auxiliar o turista na busca de estabelecimentos que assegurem o cumprimento dos requisitos de higiene e limpeza para prevenção à Covid -19.

“É de fundamental importância que as empresas ligadas ao setor desde já se adequem a estas normas determinadas pelas autoridades sanitárias, treinem sua mão de obra, organizem as instalações de acordo como está determinado”, enfatizou o secretário de Estado de Turismo, Dorval Uliana.

Hotéis e hostels, agências de turismo, empresas de ônibus ou vans, empresas de organização de eventos, parques temáticos, acampamentos turísticos, restaurantes, cafeterias, bares e similares, parques aquáticos, locadoras de veículos e guias de turismo fazem parte da lista de segmentos que já têm protocolos recomendatórios.

Retomada

No pronunciamento, o governador convidou os representantes do turismo capixaba que compõem o Conselho Estadual de Turismo (Contures) que participem da estruturação das ações planejadas pela Secretaria de Turismo (Setur) para retomada da economia do Espírito Santo.

O plano é composto por ações de curto, médio e longo prazos e conta com apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). “Contamos com apoio destes importantes parceiros para promoção do destino Espírito Santo e um trabalho com foco no turismo regional apoiando e fortalecendo o agroturismo, um grande ativo capixaba, que certamente será um dos grandes setores que contribuirá na retomada do segmento”, apontou o secretário Dorval Uliana.

Selo

As informações sobre o Selo “TurismoResponsável – Limpo e seguro” estão no site http://www.turismo.gov.br/seloresponsavel/. Para ter acesso ao selo, as empresas e guias de turismo precisam estar devidamente inscritos no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur).

Você pode Gostar de:

Estudo: 70% dos homicídios no Brasil fica sem solução

A reportagem foi exibida no Fantástico, da TV Globo neste domingo (27) e mostrou o …