terça-feira ,13 abril 2021
  • canal tempo real no youtube
Home / Geral / Governador acompanha entrega de cestas básicas a alunos da Rede Estadual

Governador acompanha entrega de cestas básicas a alunos da Rede Estadual

O governador Renato Casagrande e o secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, acompanharam, na manhã desta terça-feira (06), o início da entrega das cestas básicas às famílias dos estudantes da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Marinete de Souza Lira, no bairro Feu Rosa, na Serra.

 A ação marca o início da distribuição das cestas por conta da suspensão das aulas presenciais em decorrência do atual momento da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). Ao todo, serão contemplados cerca de 115 mil alunos.

“Essa é uma das medidas de proteção social que anunciamos recentemente para minorar o sofrimento das famílias mais vulneráveis que, em uma época de crise, sofrem ainda mais. Estamos entregando cerca de 115 mil cestas, um investimento do Governo do Estado que ultrapassa R$ 11 milhões. Durante o ano passado, quando ficamos sem aulas presenciais por dez meses, entregamos a merenda através de cestas. Agora novamente, vamos entregar as cestas que vão cumprir o papel da merenda na alimentação dessas crianças e jovens”, afirmou o governador.

A unidade escolar está localizada em um dos territórios do Programa Estado Presente em Defesa da Vida e terá 684 alunos contemplados. “A entrega ocorrerá na parte externa da escola, no estacionamento, em tendas, e as famílias foram agendadas de forma a não gerar aglomeração”, explicou a diretora da Escola Estadual Marinete Souza Lira, Graziely Ameixa Siqueira dos Santos.

Cada escola seguirá o trâmite de viabilização da compra e, assim que concluído, a direção fará contato com os alunos ou responsáveis para marcar a entrega das cestas. Ficará a cargo das escolas desde a compra dos gêneros alimentícios até a entrega dos alimentos. Serão contemplados os alunos cujos responsáveis estão inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo destacou que, a princípio, essa medida será por um mês, sempre com a possibilidade de reavaliação com o passar das semanas. “Considerando que são quatro semanas, com cinco dias úteis em cada uma delas e que seriam cinco dias em que o aluno estaria na escola, se alimentando na unidade escolar, o cálculo foi feito para estes 20 dias úteis. Como o preço médio da alimentação escolar é de R$ 5,00 por dia, chegamos ao cálculo do valor de cada cesta em R$ 100,00. Totalizando, portanto, o investimento de R$ 11,5 milhões, em virtude de estarmos atendendo a 115.500 pessoas”, afirmou.

Maria das Graças, mãe de um aluno da unidade de ensino e que esteve no local para receber a cesta nesta terça-feira, destacou que os alimentos ajudarão muito neste momento de dificuldade. “Estou sem trabalhar e apenas um filho está trabalhando. A gente paga aluguel, água e luz, fora as outras coisas. Essa cesta básica de alimentos vai ajudar bastante em casa”, relatou.

Cestas básicas

A liberação das cestas básicas para os alunos da Rede Estadual de Educação foi concedida pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Sedu), durante o período de suspensão das aulas presenciais. O investimento é de mais de R$ 11,5 milhões. O benefício equivale ao período de 18 de março a 16 de abril, totalizando 20 dias úteis, período em que as aulas presenciais estão suspensas. O valor será repassado aos Conselhos de Escola por meio do Programa Estadual de Gestão Financeira Escolar (Progefe).

Confira a Portaria nº 076-R que dispõe sobre as regras

Você pode Gostar de:

Grávida de 27 anos morre vítima da covid-19 após dar à luz

Uma grávida de 27 anos morreu vítima da covid-19 logo depois de dar à luz, o bebê conseguiu sobreviver. O pai e o outro filho de 7 anos também foram infectados. O homem continua internado e ainda não sabe que a esposa veio a óbito.