terça-feira ,20 outubro 2020
Home / Geral / Gari de 40 anos cai de caminhão e morre

Gari de 40 anos cai de caminhão e morre

Um gari de 40 anos morreu ao cair de um caminhão de coleta de lixo na noite deste sábado (10), na Rodovia do Sol (ES 060), na altura do bairro Lameirão em Guarapari.

O corpo da vítima caiu em um das pistas da rodovia do Sol na altura da Praia do Riacho em Guarapari Foto: Tell Miranda

O gari Angelo de Freitas Silva, 40 anos, seguia com mais dois colegas na traseira do caminhão e o motorista.

De acordo com um dos colegas ao passar em um trecho após o radar no sentido Meaípe, ele ouviu um barulho,”não tenho ideia como que foi, estava tudo escuro, não deu para ver nada”.

Neste trecho da rodovia está uma escuridão total e só é possível ver alguma coisa com os faróis dos carros que passam pelo local. Ele conta que eles saíram da sede da empresa no bairro Aeroporto e seguia para o bairro Meaípe para realizar a primeira rota da noite.

Angelo de Freitas Silva, 40 anos, era morador do bairro Camurugi em Guarapari Foto: Divulgação

De acordo com o irmão da vítima, Carlos Roberto de Freitas Silva, 58 anos, muito conhecido como Carlos Sucata, ele estava no bairro Balneário Ponta da Fruta em Vila Velha quando recebeu a informação da morte do irmão, ”ligaram para a minha irmã Rosana, eu vim direto para o local e chegando aqui constatamos o fato”, relata.

Caminhão de lixo que Angelo estava trabalhando Foto: Tell Miranda

Ele conta que o irmão trabalhava na empresa desde dezembro do ano passado e os dois sempre estavam em contato mesmo ele morando em Ponta da Fruta, “era muito amigo, irmão, um cara sério com as coisas dele, paga tudo em dia, tudo certinho, perdi um irmão só não, perdi foi tudo”, disse emocionado.

Carlos Sucata informou que ao sair para trabalhar, ele estava com uma dor na mão, “na hora que ele veio trabalhar, parece que ele falou que estava com uma dorzinha na mão, ele segurou com uma mão só, pessoal estava comentando”.

O motorista do caminhão de lixo e os colegas de trabalho estavam abalados com o ocorrido. Uma filha adolescente de Angelo estava no local acompanhando o trabalho da perícia e também estava muito abalada.

Angelo de Freitas tinha três filhos, duas meninas e um menino. Ele tinha mais oito irmãos. Antes de trabalhar como gari, ele chegou a trabalhar como segurança. Angelo era morador da rua Joaquim Torquato no bairro Camurugi em Guarapari.

Clique AQUI e veja a entrevista com o irmão da vítima.

Tell Miranda

Jornalista e radialista

More Posts - Website

Você pode Gostar de:

Pedestres arriscam a vida ao atravessar avenida no bairro Muquiçaba em Guarapari

Os pedestres estão arriscando a própria vida ao atravessar um trecho da avenida Ewerson de …