terça-feira ,20 outubro 2020
Home / Geral / Força-tarefa registra 297 atendimentos no primeiro dia de atividades no sul do Estado

Força-tarefa registra 297 atendimentos no primeiro dia de atividades no sul do Estado

No primeiro dia de atividades no sul do Estado, nessa terça-feira (28), a força-tarefa coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento (Sedes) registrou 297 atendimentos aos moradores dos municípios de Alfredo Chaves, Iconha e Vargem Alta. Em Iconha foram realizados 175 atendimentos, já em Alfredo Chaves 92 atendimentos e no município de Vargem Alta 30 atendimentos.

O secretário de Estado de Desenvolvimento, Marcos Kneip, destacou a importância social e econômica da ação. “Neste momento, o nosso objetivo é atender da melhor forma possível os moradores dessas cidades, para que tenham condições de retomar suas rotinas de forma mais rápida. Essa é uma força-tarefa que tem grande caráter social e que, ao mesmo tempo, vai contribuir para o retorno do dinamismo econômico dessas regiões”, afirmou.

Durante o atendimento é possível receber orientações sobre crédito e tratamento tributário diferenciado para empresas afetadas; emissão de laudo do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil; realização de cadastro para acesso ao Cartão Reconstrução ES; solicitação de segunda via da carteira de identidade; orientação jurídica, com apoio da Defensoria Pública, e requisição gratuita de segunda via de certidões pessoais, além do cadastro para consultorias gratuitas do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Os atendimentos são realizados a partir das 09 horas, nos sete escritórios disponíveis, sendo três fixos e quatro itinerantes. No município de Iconha o escritório fixo está Praça Central “Demar Soares”, em frente à Igreja de Santo Antônio. Em Alfredo Chaves o atendimento acontece no Centro de Referência e Assistência Social – Rua Antônio Cláudio Gaigher, 87, Parque Residencial Alfredo Chaves. O atendimento ao público em Vargem Alta é realizado na Câmara de Vereadores, na Rua Nelson Lírio, 77, no Centro.

Em Rio Novo do Sul, o atendimento acontece, exclusivamente, pelo escritório itinerante, com apoio das vans da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes), que também circularão pelas regiões centrais e interior dos outros três municípios afetados.

Além da Aderes, também são parceiros da força-tarefa o Sebrae, o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), o Banco do Espírito Santo (Banestes), Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), a Secretaria de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades), Polícia Civil (PCES), Secretaria da Fazenda (Sefaz), Defensoria Pública e Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo.

Você pode Gostar de:

Portugal entra em situação de calamidade devido ao agravamento da pandemia de Covid-19 na Europa

O agravamento da pandemia de Covid-19 fez Portugal decretar o status de “situação de calamidade” a partir …