quarta-feira ,13 novembro 2019
Home / Polícia / Fogo destrói Shopping Praia do Morro em Guarapari

Fogo destrói Shopping Praia do Morro em Guarapari

Um incêndio de grandes proporções destruiu o Shopping Praia do Morro, conhecida pelos turistas e moradores como a feirinha da Praia do Morro. O fogo começou por volta das 6h desta quarta-feira (19). Cerca de 65 lojas funcionavam no local. Veja o vídeo abaixo com várias entrevistas.

Aproximadamente 20 homens do corpo de bombeiros foram deslocados para o local para apagar as chamas que destruiu toda a feira e chegou a atingir um dos prédios ao lado. Ele foi até o local e estava desolado.

p_20170419_082631
Cerca de 65 lojas funcionavam no local e ficaram todas destruídas pelo fogo Foto: Tell Miranda

De acordo com a lojista, Lenir Maria da Silva, 66 anos, ela ficou sabendo do incêndio através das redes sociais e teve um prejuízo de R$ 15 mil nas mercadorias. Ela tinha uma loja que vendia roupas para mulheres, “Me ligaram e falaram que a feira tinha pegado fogo e era perda total. Eu levei um susto”.  

Um comerciante de 28 anos, contou para a nossa reportagem que o prejuízo dele ultrapassa R$ 20 mil. Ele tinha uma loja de roupas femininas e foi alertado pelo irmão, através de uma ligação telefônica. 

p_20170419_093411
Lenir Maria da Silva tinha um estande na feira e se preparava para trabalhar no próximo feriado Foto: Tell Miranda

 Ela conta que ligou para o filho em Belo Horizonte, para contar o que tinha acontecido e precisou tomar calmante para ir até o local, “ eu estava me preparando para o feriado e não tinha levado as outras mercadorias para a loja, caso contrário o prejuízo seria muito maior”. Disse.

De acordo com o síndico do prédio Summer Beach, Alexandre Oliveira, 42 anos, ele acordou para levar o filho para escola e percebeu algo errado na feirinha, “ouvimos o alarme, o cheiro muito forte de fumaça, quando a gente olhou do lado, pela janela, tinha muita fumaça e percebemos que o local estava pegando fogo”.

p_20170419_082323
O síndico do Summer Beach, Alexandre Oliveira, chamou o corpo de bombeiros e teve que deixar o prédio com a família as pressas Foto: Tell Miranda

Ele explicou que logo fez contato com os bombeiros, moradores e outras pessoas para avisar. Devido a fumaça que tomou conta do prédio, teve morador que passou mal e foi levado para o hospital.

Segundo o Tenente do corpo de bombeiros, Pagio, eles foram avisados do incêndio entre 6h e 6h10, mesmo com a 1º Cia do 5º batalhão do corpo de bombeiros, ficar próximo ao local, quando eles chegaram o fogo já tinha tomando conta de tudo, “o tamanho do incêndio era tanto que rapidamente a cobertura veio a baixo”.

Além dos bombeiros de Guarapari, foi acionada uma equipe da 2º CIA dos bombeiros de Anchieta para ajudar no combate. “Infelizmente o galpão todo foi tomado, a cobertura caiu, a preocupação é confinar esse incêndio ali, para não propagar para a lateral, onde fica o prédio Summer Beach”.

p_20170419_083505
O corpo de bombeiros de Guarapari recebeu reforço de Anchieta e também Vila Velha Foto: Tell Miranda

Ele destaca que a fumaça foi tanta que um dos apartamentos teve um princípio de incêndio no 6º andar, que foi controlado e um carro pegou fogo. Foi realizado uma vistoria nos apartamentos, e ficou constatado que a maioria estava vazio.

“Graças a Deus poucos moradores estavam nos apartamentos, a maioria estava vazio e estamos fazendo esta vistoria sem parar, porque você vê muita fumaça rente ao prédio. A nossa tática aqui vai ser, na rua da praia e a paralela à praia, os dois carros de combate a incêndio vão jogar água na diagonal do prédio para diminuir a fumaça que está subindo na lateral do prédio”.

whatsapp-image-2017-04-19-at-07-25-25
Avenida Beira Mar da Praia do Morro, onde ficava o Shopping Praia do Morro Foto: Colaborador

De acordo com o coordenador da defesa civil de Guarapari, Romildo Scalzer, o prédio Summer Beach foi isolado e interditado.

Durante o dia será feito uma avaliação nas dependências do edifício pela defesa civil com o apoio da defesa civil estadual e ser for preciso o local ficará interditado por vários dias. “No momento a informação que nós temos é a visual. Como o reboco caindo, parede cedendo, por questão de segurança, ainda não entramos no prédio, estamos aguardando a liberação do corpo de bombeiros”.

Apesar da chuva, por volta das 9h30 ainda era possível ver chamas dentro do galpão. Os donos dos estandes acompanham de longe todo o trabalho dos bombeiros e muitos deles não sabem o que vão fazer depois disso tudo.

Tell Miranda

Jornalista e radialista

More Posts - Website

Você pode Gostar de:

Corpo de jovem desaparecido é encontrado em Píuma

O corpo do jovem de 19 anos desaparecido no mar da Praia do Morro em …