quarta-feira ,13 novembro 2019
Home / Geral / Familiares não acreditam que o filho tentou matar a mãe

Familiares não acreditam que o filho tentou matar a mãe

Uma mulher teria sido esfaqueada pelo próprio filho, nesta quarta-feira (12), no bairro São Gabriel em Guarapari. Ela foi medicada, fez curativo e voltou pra casa.

S. D. A, 45 anos, foi socorrida e encaminhada para o Hospital São Lucas em Vitória, onde fizeram curativos nos ferimentos.

Ela teve cortes nos pulsos e na perna, “ela estava com depressão profunda, transtorno psicótico, estava tomando de 4 a 5 comprimidos por dia, tarja preta, sem receita médica e estava com outros problemas de cabeça”, relatou um familiar.

Segundo esta pessoa da família, a mulher teria se jogado embaixo de um caminhão em Vitória, uma vez, pois o marido não quis comprar um celular pra ela.

O familiar não acredita, que o filho tenha tentado matar a mãe e não soube informar o motivo, ” ainda não se sabe, pode ser que realmente ele quis o carro, mas nós da família, realmente estamos indecisos em saber se realmente ele fez isso, pois ele nunca foi agressivo. Eu nunca o vi falar em voz alta também”, relatou uma pessoa da família.

Os familiares acreditam que mãe e filho, tenham iniciado uma discussão, e com isso Silvana teria se cortado com a faca, “a minha família inteira está falando o seguinte, eles começaram uma discussão por algum motivo, ela ficou nervosa, foi pegar a faca pra ele, ele tomou a faca da mão dela e tentando pegar de volta ,acabou se cortando, não que ele tenha tentado matar ela, no meio da briga, ela acabou se cortando, a faca pegou uma parte da mão dela, que passava uma veia e por isso toda aquela quantidade de sangue espalhado pela casa”.

Ela conta que o suspeito da tentativa de homicídio, tem problemas mentais, “ele é hiperativo, tomava medicamentos e nunca foi ao psicólogo, mas era fácil de se notar, que ele nunca falou como uma pessoa normal, tinha atitudes anormais, por exemplo, falava sem parar, era depressivo, chorava bastante, sorria demais as vezes, perdeu o pai dele há 9 meses”.

De acordo com o parente , no desespero, o suspeito fugiu, com medo que algo pudesse acontecer com ele, “como ele tem um pouco de problema mental, ele pode ter se assustado muito com a situação que chegou, e ter fugido, eu até acredito que do jeito que ele é, pode até tentar se matar”.

Uma criança de 6 anos que é filho de uma pessoa que mora com Silvana, teria visto toda a cena. Após o crime, o filho fugiu no carro da mãe. Os familiares estão abalados e ainda sem entender, o que realmente aconteceu. Silvana trabalha há quase 20 anos na Praia do Morro, em frente ao quiosque 26, mas somente no período de verão.

ENTENDA O CASO

Uma tentativa de homicídio foi registrada nesta quarta-feira (12), no bairro São Gabriel em Guarapari. A vítima, com o nome de Silvana teria sido atingida, por golpes de facas, pelo próprio filho.

De acordo com informações de moradores, o filho teria pedido a chave do carro para a mãe emprestado. Ela teria negado, pois o filho não teria carteira de habilitação. Moradores contaram, que após atingir a mãe, no braço e na perna, o suspeito fugiu com o Corolla da mãe. Um vizinho informou que o autor das facadas, teria problemas mentais.

A ambulância do Samu, foi acionada e socorrido a mulher, que ficou ferida. O estado de saúde da vítima, requer cuidados, pois ela perdeu muito sangue. O suspeito do crime, até a publicação desta matéria, não foi localizado. Qualquer informação, entrar em contato com o Disque Denúncia: 181.

Tell Miranda

Jornalista e radialista

More Posts - Website

Você pode Gostar de:

Corpo de jovem desaparecido é encontrado em Píuma

O corpo do jovem de 19 anos desaparecido no mar da Praia do Morro em …