segunda-feira ,12 abril 2021
  • canal tempo real no youtube
Home / Geral / Família entrega menor de idade que participou de assalto a pizzaria em Guarapari

Família entrega menor de idade que participou de assalto a pizzaria em Guarapari

No assalto a pizzaria, um sargento da Polícia Militar, foi baleado e socorrido imediatamente por uma viatura da Polícia Militar, que passava pelo local.

Foto: Tell Miranda

Libardi foi levado para UPA de Guarapari, e depois seguiu para o hospital São Lucas em Vitória. Ele está com uma bala alojada no corpo e deve passar por uma cirurgia a qualquer momento. Ele não corre risco de morte.

Polícia trabalha rápido e logo identifica os envolvidos

O trabalho de identificação da dupla de assaltantes a pizzaria, foi rápido e fez com que a Polícia Civil e a equipe do Departamento Especializada de Investigações Criminais (DEIC) de Guarapari, conseguisse provas para começar uma procura aos envolvidos, no assalto a pizzaria e na tentativa de homicídio ao sargento Libardi.

O adolescente de 16 anos, que participou do assalto a uma pizzaria na noite de segunda-feira (15), foi levado para a delegacia pelo padrasto, na manhã desta terça-feira (16), depois que a família, identificou ele através das imagens de um vídeo que circulou pelas redes sociais, após o crime, onde o sargento Libardi do 10º Batalhão da Polícia Militar foi baleado.

De acordo com a família do menor, ele trabalhou durante o dia como ajudante de pedreiro do padrasto, em uma obra da Samarco. A família conta que passou a noite preocupada com o adolescente, e pela manhã encontrou ele em uma rua do bairro Bela Vista.

Segundo os familiares, ele teria dito que estava arrependido e pediu para ser levado para a delegacia de Guarapari. A polícia identificou o caso como tentativa latrocínio. Uma força tarefa foi montada em Guarapari para encontrar o outro menor de 17 anos, que continua foragido.

A polícia acredita que o autor dos disparos contra o policial, está escondido no bairro Bela Vista. Ele pode ser apreendido a qualquer momento. O trabalho da Polícia Civil e da Polícia Militar, continua intenso para chegar até o outro adolescente. Quem tiver alguma informação , pode entrar em contato com o disque denúncia: 181.

Relembre o caso

Um sargento da Polícia Militar foi baleado na noite desta segunda-feira (15), por volta das 20h30, dentro de uma pizzaria, localizada na rodovia Jones dos Santos Neves, no bairro Muquiçaba em Guarapari. Ele foi socorrido e levado primeiro para a UPA de Guarapari e depois para o hospital São Lucas em Vitória. Uma grávida estava no caixa no momento do assalto. Os criminosos levaram dinheiro, tablet e celular.

Foto: Tell Miranda

De acordo com um funcionário da pizzaria, o sargento Libardi estava sentado, aguardando o pedido de uma pizza, quando os bandidos entraram e anunciaram o assalto, “eles já chegaram abordando o policial, reconhecendo que ele era policial, já pegando a arma dele”, relatou.

Ele conta que o policial não reagiu e os suspeitos foram em direção ao caixa. A pizzaria tinha pouco tempo que estava aberta, a venda naquele momento era de cerca de quatro pizzas, “geralmente segunda-feira, é pouco movimento”.

Um dos bandidos deu o primeiro tiro no policial, “o policial ficou segurando a perna dele, e o bandido ficou dando umas coronhadas na cabeça dele”.De acordo com o funcionário, com as pancadas a arma estourou e os criminosos fugiram.

O policial teria levado pelo menos dois tiros, um seria no ombro e outro nas costas. Vizinhos ouviram cerca de cinco disparos. Ele conta que esta foi a primeira vez que passou por essa situação.

Uma viatura da Polícia Militar passava pelo local e ajudou na rapidez do socorro à vítima, “foi rápido, os bandidos saíram correndo, não deu nem 10 segundos, passou uma viatura aqui e fez o socorro”.

A arma de um dos suspeitos era falsa (simulacro). O policial foi ferido com a arma dele, roubada pelos criminosos. De acordo com relato de testemunhas, um dos bandidos fugiu pela rodovia Jones dos Santos Neves e o outro seguiu por uma rua em frente a pizzaria, sentido bairro Itapebussu.

As imagens de segurança da loja estão com a polícia. Os suspeitos foram identificados e várias buscas estão sendo realizadas na região. Veja AQUI a transmissão do local.

Tell Miranda

Jornalista e radialista

More Posts - Website

Você pode Gostar de:

Filas enormes na reabertura das casas lotéricas em Guarapari

O dia amanheceu com muitas filas na reabertura das casas lotéricas em Guarapari. Na lotérica da Joaquim da Silva Lima no Centro da cidade, muitos clientes tiveram que ficar dentro das galerias para se proteger da chuva.