• canal tempo real no youtube
Home / Geral / Estado anuncia abertura de 126 leitos exclusivos para Covid-19

Estado anuncia abertura de 126 leitos exclusivos para Covid-19

O Governo do Estado reforça o compromisso com a população capixaba em garantir o atendimento hospitalar aos casos graves do novo Coronavírus (Covid-19).

Os novos leitos são para ajudar no enfrentamento contra a covid-19.
126 leitos exclusivos Covid-19 serão que serão entregues até o próximo domingo (04)

Nesta terça-feira (30), o governador Renato Casagrande anunciou a abertura de mais 126 leitos exclusivos Covid-19, por meio do programa Estadual “Leitos para Todos”, que serão entregues até o próximo domingo (04). Ao todo, serão investidos R$ 13 milhões entre as unidades contratualizadas.

Durante a transmissão ao vivo pelas redes sociais, Casagrande destacou o trabalho do Governo do Estado na abertura dos novos leitos, antecipando em um mês a previsão feita em dezembro do ano passado da disponibilização de 900 leitos de UTI exclusivos para tratamento de pacientes da doença até o final de abril.

“Com 30 dias de antecedência estamos entregando 905 leitos de UTI Covid. Só que a quantidade de internações é mais veloz do que a abertura de leitos. Em apenas um mês, foram 211 leitos de UTI e 228 leitos de enfermaria a mais. Só que neste período, foram 292 pacientes a mais em UTI e 267 internados em enfermarias”, relatou.

O governador prosseguiu: “Apesar dessa ampliação de 439 leitos em apenas um mês, vejo muitas pessoas, algumas de má fé, falando sobre hospitais de campanha. Somente esses leitos abertos em 30 dias equivalem a quatro hospitais de campanha.

A diferença é que esses leitos foram abertos em locais com estrutura física adequada, com insumos, medicamentos e profissionais de saúde. Hospitais de campanha não são montados em 30 dias e os leitos dessas instalações não são tão eficientes quanto os que estamos abrindo, além de serem de 60% a 100% mais caros.”

Diante deste cenário de aumento da demanda por leitos hospitalares, o governador voltou a fazer um apelo à população para que respeitem o período de quarentena e sigam as medidas de biossegurança para evitar o contágio da doença. “A ocupação dos leitos está mais rápida do que a abertura.

Por isso, a única forma do sistema de saúde, seja o público ou privado, não entrar em colapso é mantendo o isolamento social. As vacinas estão chegando a conta gotas, por isso é fundamental que a gente siga se cuidando, usando máscaras, álcool em gel e evitando aglomerações”, reforçou Casagrande.

Novos leitos

A previsão é de que, ao longo desta semana, sejam disponibilizados 69 leitos entre UTIs e suportes ventilatórios em unidades hospitalares de norte a sul do Espírito Santo. Nesta segunda-feira (29), foi anunciado a abertura de 10 leitos no Hospital Estadual de Urgência e Emergência.

No restante da semana, serão abertos novos leitos no Hospital Evangélico de Vila Velha; Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória; Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim; Hospital Menino Jesus, em Pedro Canário; Hospital Rio Doce, em Linhares; e Hospital Santa Casa de Misericórdia de Castelo.

Para enfermaria Covid-19, está prevista a ampliação de mais 57 leitos entre as unidades do Hospital Estadual João Santos Neves, em Baixo Guandu; Hospital Estadual Roberto Arnizaut Silvares, em São Mateus; Hospital Santa Casa de Misericórdia de Castelo; Hospital São Camilo, em Aracruz; Hospital Madre Regina Protmann, em Santa Teresa; e no Hospital Menino Jesus, em Pedro Canário.

Também haverá a ampliação das unidades hospitalares da rede própria. O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa), realizou a reestruturação de leitos no Hospital João Santos Neves (HJSN), em Baixo Guandu, transformando o ambulatório em enfermaria Covid-19.

Já no Roberto Silvares foi realizada a adequação da estrutura física da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), convertida em leitos de enfermaria Covid-19.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, a ampliação de leitos desta semana faz parte também do planejamento estratégico do Governo estadual.

“Ainda no mês de dezembro previmos o que poderia ocorrer no futuro e estabelecemos uma agenda robusta de ampliação de leitos sob a liderança do governador para que o Sistema Único de Saúde capixaba fosse fortalecido. Mas não com estrutura de campanha, e sim com estruturas de enfrentamento e resistência à Covid-19. Nesse momento, o esforço do Estado é ampliar leitos de maneira robusta e leitos qualificados”, disse.

Ainda em sua fala, o secretário da Saúde explicou sobre a opção de investir na ampliação de leitos em hospitais contratualizados e da rede própria ao invés de hospitais de campanha. “Vale destacar que o custeio dessas unidades é de 60 a 100% mais cara que o custeio de leitos em estruturas que estamos abrindo, além de serem menos eficientes.

O hospital de campanha não é uma estratégia para se evitar a pandemia ou que a doença se propague. Precisamos entender que o que evita as internações e os óbitos pela Covid-19 é a prevenção”, explicou.

Nésio Fernandes fez ainda um apelo à população capixaba: “Reforçamos a necessidade de que a quarentena precisa ser respeitada, que o Mapa de Risco precisará ser respeitado e precisamos da disciplina da população e do apoio da comunidade para de fato vencer a pandemia e passar dessa etapa difícil.”

O subsecretário de Estado de Regulação, Controle e Avaliação em Saúde, Gleikson Barbosa, destacou que o Estado não está medindo esforços para garantir assistência à população capixaba no enfrentamento ao Covid-19.

“Além de leitos, o Governo do Estado também está investindo no programa “SAMU para Todos”, garantindo transporte sanitário seguro aos capixabas, principalmente nesse momento difícil de enfrentamento a pandemia”, afirmou.

Leitos para Todos

O Programa Estadual “Leitos para Todos” foi instituído pelo Governo do Espírito Santo em abril de 2020, por meio da Portaria Nº 071-R, como estratégia de qualificação e reestruturação da rede de atenção à saúde e fortalecimento do papel da regulação do Estado, com o objetivo de garantir o acesso à atenção hospitalar a todos os pacientes que desenvolverem formas graves da Síndrome Respiratória Aguda Grave, entre elas, o novo Coronavírus (Covid-19).

Deste modo, a Secretaria da Saúde (Sesa) estruturou uma ampla reforma nas áreas físicas das unidades hospitalares próprias e também um processo de contratualização de leitos em hospitais filantrópicos, federais e privados.

Diariamente, o Governo do Estado atualiza os dados da ocupação de leitos hospitalares do Sistema Único de Saúde (SUS) capixaba, disponível no link: https://coronavirus.es.gov.br/painel-ocupacao-de-leitos-hospitalares

Você pode Gostar de:

Mulher é agredida por namorado e consegue pedir ajuda em bar

Um homem agrediu a namorada no rosto, depois que ela se recusou a usar drogas. Ela conseguiu acionar a polícia. O agressor foi preso em flagrante e levado para delegacia.