quarta-feira ,23 junho 2021
  • canal tempo real no youtube
Home / Geral / Enfermeira que debochou da vacina contra Covid-19 é demitida de hospital

Enfermeira que debochou da vacina contra Covid-19 é demitida de hospital

Nathanna Ceschim publicou vídeo dizendo que só tomou a vacina porque queria viajar. Em outra gravação, ela aparecia sem máscara no hospital e, por isso, virou alvo de investigação.

Uniformizada e sem máscara a enfermeira fez um vídeo debochando da eficária da coronavac.
A enfermeira postou um vídeo sem máscara e debochou da eficácia da vacina.

Após publicar em uma rede social vídeos em que aparecia sem máscara no local de trabalho e, em outro momento, debochando da vacina contra a Covid-19, a enfermeira Nathanna Ceschim foi desligada do Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Vitória.

A informação foi dada pela enfermeira à reportagem do portal “A Gazeta” e confirmada pelo G1. Procurada, a Santa Casa disse apenas que “já tomou todas as medidas cabíveis relacionadas ao assunto e que não mais se manifestará sobre o ocorrido”.

As publicações que motivaram a polêmica foram feitas por Nathanna na sexta-feira (22) em seu perfil, que estava público. Em um dos vídeos, ela mostra um comprovante de vacinação e desdenha da vacina. “Tomei por conta que eu quero viajar, não para me sentir mais segura. Porque uma vacina que dá 50% de segurança para mim não é uma vacina. Tomei foi água”, disse no vídeo. Uma outra gravação, também feita por ela, mostra a enfermeira sem máscara dentro do hospital.

Nathanna foi imunizada na última terça-feira (19) porque atuava na linha de frente do combate ao coronavírus e, por isso, pertencia ao público-alvo dentro dos grupos prioritários já definidos.

O caso levou o Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Vitória e o Conselho Regional de Enfermagem (Coren-ES) a abrirem uma investigação sobre a postura da profissional. A atuação dos órgãos será acompanhada pelo Ministério Público do Estado (MP-ES).

Fonte: G1.

Você pode Gostar de:

Dia D de vacinação é realizado em Viana

O governador do Estado, Renato Casagrande, participou, na manhã deste domingo (13), do ato simbólico que marcou o início da aplicação das primeiras doses no Dia D de vacinação para o estudo de efetividade do uso da meia dose da vacina AstraZeneca na população vianense de 18 a 49 anos.