domingo ,24 outubro 2021
  • canal tempo real no youtube
Home / Geral / Empresário morto em queda de avião já foi proprietário de fazenda com 28 escravos na BA

Empresário morto em queda de avião já foi proprietário de fazenda com 28 escravos na BA

O empresário Celso Silveira Mello Filho, morto na queda do avião com outras 6 vítimas em Piracicaba (SP) nesta terça-feira (14), era proprietário de uma fazenda na Bahia onde foram resgatados 28 trabalhadores em condições análogas à escravidão, em 2010.

As precariedades foram constatadas, segundo apuração do Repórter Brasil, em uma operação realizada na Fazenda Tarumã, em Santa Maria das Barreiras (PA), que contou com membros do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), do Ministério Público do Trabalho (MPT) e da Polícia Federal (PF). 

Na propriedade que, à época, pertencia à CSM Agropecuária S/A, foram encontrados 28 trabalhadores rurais vivendo em “construções precárias, sem acesso a estruturas básicas de sanitários, acesso à água e fiação elétrica, dividindo espaço até com cavalos e mulas”. 

Os trabalhadores, ainda segundo a reportagem, eram submetidos a longas jornadas — das 5h da manhã às 18h, sem descansos regulares — e sufocados pelo endividamento com cobranças de “aluguel”, de alimentação e até equipamentos de proteção e ferramentas de trabalho.

A CSM Agropecuária S/A, inclusive, é proprietária da aeronave modelo King Air B200, ano 2019. Com 7 pessoas a bordo, o avião caiu por volta de 8h45 desta terça (14), após decolar do Aeroporto Municipal Pedro Morganti, em Piracicaba. O destino da aeronave era o Pará, aonde Celso e família iriam a negócios.

De acordo com a Repórter Brasil, Celso Silveira Mello Filho já figurou como réu em processo criminal como responsável por casos passados de trabalho escravo, em flagrantes feitos nos anos de 1999 e 2000. Na época, o empresário foi acusado por causa de infrações em áreas da Vale Bonito Agropecuária S/A, que já fez parte da “lista suja” do trabalho escravo entre 2003 e 2005.

Celso era irmão de Rubens Ometto Silveira Mello, conhecido “barão” da Cosan – gigante sucroalcooleiro que também chegou a ser inserida na “lista suja”, mas acabou retirada por meio de liminar judicial.

Empresário Celso Silveira Mello Filho morreu nesta terça-feira (14), no acidente de avião ocorrido em Piracicaba – Foto: Gustavo Annunciato/Câmara de Piracicaba

QUEDA DO AVIÃO MATOU CELSO E FAMÍLIA EM PIRACICABA

Um avião de pequeno porte caiu na manhã desta terça-feira na cidade de Piracicaba, interior de São Paulo. A queda aconteceu em uma zona de vegetação da cidade.

O ocorrido foi confirmado pelo Corpo de Bombeiros de São Paulo. No Twitter, a corporação inicialmente limitou-se a informar a existência de quatro vítimas no local. O acidente inclusive preocupou fãs da dupla Simone e Simaria.

Posteriormente, porém, novamente pela rede social, informou que sete pessoas morreram no episódio.

A tripulação era constituída por uma família de cinco pessoas pessoas, dona da aeronave, e dois pilotos. Essas foram as vítimas fatais confirmadas pelo Corpo de Bombeiros.

Segundo a GloboNews, a aeronave teria passado recentemente por uma revisão e sido aprovada para voos. Ainda não se sabe a causa do acidente.

Fonte: Yahoo

Você pode Gostar de:

Acidente deixa quatro policiais feridos na BR 262 em Ibatiba

Quatro policiais militares ficaram feridos em um acidente na BR 262, em Ibatiba, neste domingo (10).