sexta-feira ,22 fevereiro 2019
Home / Geral / Égua grávida vítima de atropelamento é sacrificada na Praia do Morro

Égua grávida vítima de atropelamento é sacrificada na Praia do Morro

Uma égua grávida morreu na tarde desta quinta-feira (6), em um terreno, cheio de mato, na rua Ipanema com a rua Vitória. VEJA AQUI A TRANSMISSÃO AO VIVO DO LOCAL: https://goo.gl/h1KK1n

A égua grávida foi sacrificada na Praia do Morro Foto: Tell Miranda

De acordo com moradores do local, o animal foi atropelado na semana passada, e estava em outro terreno, “o pessoal da Zoonoses foi convidado a vir dar uma olhada, pois estava com um machucado na perna, simplesmente eles arrastaram a égua para a rua de cima”, relatou o morador.

O morador suspeita que a égua tenha sido sacrificada, “eu acredito que sacrificaram a égua, deram uma injeção nela, logo em seguida, ela veio a óbito”.

Um outro morador, que pediu para não ser identificado, cuidou do animal, “ eu cheguei a ver o animal com os ferimentos na perna, estava cuidando dela, dando água, mesmo ela solta na rua, fiz a ligação para Zonooses, a Zoonoses informou que não podia buscá-la”, informou.

Ele recebeu como resposta do Centro de Controle de Zoonoses, que como animal estava morrendo, eles não poderiam buscar, “os vizinhos falaram que foi aplicado um remédio na veia dela, ela deitou e morreu”.

ÉGUA ESTAVA GRÁVIDA

Os moradores do local ficaram indignados, pois segundo eles contaram, o ferimento não era tão grave, e para agravar a situação, a égua estava grávida e o potro poderia ter sido salvo, “não era ferimento para executar, para matar a égua não”, desabafou o morador.

PEDIDO DOS MORADORES

Eles aguardam que o animal possa ser retirado do local e sepultado, pois se ficar num lugar, vai começar a aparecer urubus, “fazer o sepultamento e tirar daqui, porque amanhã, vai estar fedendo, amanhã tem urubu rodeando o animal aqui, é o mínimo que eles podem fazer pra consertar o erro deles, o erro que começou pela prefeitura, e ela termina, faz pelo menos o enterro digno para o animal”, disse emocionado o morador.

Nota da prefeitura

“O Centro de Controle de Zoonoses foi acionado por um morador hoje mais cedo relatando o atropelamento do animal. Uma equipe foi enviada ao local onde o animal que estava em estado de sofrimento. Após avaliação foi necessário proceder a eutanásia. A CODEG já foi acionada para realizar o recolhimento do animal.

Lembramos que é proibida a permanência de animais de grande porte, como cavalos, em vias públicas. Ao identificar animais soltos na pista, a Vigilância Ambiental orienta que o morador entre em contato imediatamente informando o local, a fim de providenciar a remoção”.

CCZ (funcionamento de segunda a sexta, 7h às 16h)
27 3262-1456
27 3262-1271
0800-283-9543

Tell Miranda

Jornalista e radialista

More Posts - Website

Você pode Gostar de:

Moto apreendida no Centro de Guarapari

Uma moto foi apreendida pela Polícia Militar no início da tarde desta quinta-feira (14), por …