segunda-feira ,12 abril 2021
  • canal tempo real no youtube
Home / Geral / CPI do asfalto: Chapa vencedora “Política é coisa séria” vai investigar as denúncias de irregularidades

CPI do asfalto: Chapa vencedora “Política é coisa séria” vai investigar as denúncias de irregularidades

A chapa “Política é coisa séria” venceu a chapa “Buscando a verdade”, por 7 votos a seis, e assim, vai investigar as denúncias de irregularidades dentro da CPI do asfalto.

Foto: Tell Miranda

A Câmara Municipal de Guarapari definiu, nesta quinta-feira (08), os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai investigar a denúncia, protocolada na Casa por Jorge Egbert Weyting Júnior, da ONG Transparência Capixaba, sobre irregularidades na realização da pavimentação asfáltica de bairro do município.

A denúncia foi protocolada na Casa por Jorge Egbert Weyting Júnior Foto: Arquivo

Na ocasião, foram apresentadas duas chapas. A primeira era a chapa “Política é Coisa Séria”, formada pelos vereadores Rogério Zanon (PRP), Oziel de Souza (PSC) e Gilmar Pinheiro (PSDB), que seriam presidente, membro e relator, respectivamente. A segunda chapa era a “Buscando a Verdade”, composta pelos parlamentares Kamilla Rocha (DEM) como presidente, Zé Preto (Podemos) membro, e Sandro Bigossi (PDT) como relator.

Os parlamentares realizaram uma votação e a chapa Política é Coisa Séria foi escolhida por 7 votos a 6 para compor a CPI do asfalto, como ficou conhecida. Respeitando o que determina o Regimento Interno, a Comissão tem o prazo de 90 dias, que pode ser estendido por mais 90 dias, para realizar a investigação.

O presidente da Câmara, vereador Enis Gordin (PRB), afirmou que “essa é uma denúncia grave porque se trata de mau uso do dinheiro público. Mas, tenho certeza que essa Comissão vai investigar tudo com muita seriedade e total transparência para darmos uma resposta para a população. ”

Você pode Gostar de:

Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Vitória

Adolescente é morto com tiro na cabeça

Um adolescente de 17 anos foi assassinado com mais de quatro tiros no bairro Vista da Serra II, na Serra, na Grande Vitória, na madrugada desta quarta-feira (7).