segunda-feira ,1 junho 2020
Home / Geral / Coronavírus: Prefeitura de Anchieta proíbe população de frequentar praias da cidade

Coronavírus: Prefeitura de Anchieta proíbe população de frequentar praias da cidade

A Prefeitura de Anchieta publicou novo decreto nesta sexta-feira, 03, prorrogando prazos e estabelecendo regras para funcionamento de supermercados e determinando a proibição da permanência individual e coletiva nas praias. As novas medidas fazem parte das ações de enfrentamento ao avanço do novo coronavírus (covid-19) no município.

Segundo o município, as ruas de acesso às praias terão isolamento para impedir a permanência individual ou coletiva das pessoas. A Guarda Civil Municipal e a Gerência de Fiscalização de Obras, Posturas e Transportes terão autorização para providenciar as medidas necessárias e a dispersão das pessoas.

O novo documento prorroga até 13 de abril várias determinações já expedidas em decretos publicados anteriormente, que definem funcionamento de comércios, entre outras recomendações. Já a suspensão das aulas, a realização de eventos executados ou apoiados pela municipalidade, além das atividades esportivas e às desenvolvidas para os idosos estão prorrogadas até 20 de abril.

Também fica mantida a suspensão de funcionamento de estabelecimentos comerciais, com exceção dos considerados essenciais. 

“Também estamos recomendamos que as pessoas usem máscaras de produção industrial ou caseira, como forma de ajudar na prevenção ao novo coronavírus. Lembrando que essas máscaras devem seguir as recomendações do Ministério da Saúde e os hábitos de higiene pessoal, como lavar a mão com água e sabão frequentemente e o uso de álcool gel 70% não devem ser esquecidos”, lembra o prefeito Fabrício Petri.

O documento determina que as empresas serão responsáveis pelas medidas de prevenção em seus estabelecimentos.

Você pode Gostar de:

Após denúncia, profissional de saúde com Covid-19 é encontrada trabalhando em estabelecimento particular

A Prefeitura de Guarapari, através da Secretaria de Saúde (Semsa), recebeu na última semana,  denúncias …