quinta-feira ,1 outubro 2020
Home / Geral / Clarke Petters, ator de Destacamento Blood, chora e se arrepende por ter criticado Chadwick Boseman no set

Clarke Petters, ator de Destacamento Blood, chora e se arrepende por ter criticado Chadwick Boseman no set

Chadwick Boseman lutou secretamente contra um câncer de cólon nos últimos anos, enquanto seguia trabalhando em filmes importantes de Hollywood. Nos últimos projetos, como Destacamento Blood, da Netflix, o ator precisou de cuidado especial – algo que nem todos atores da produção, como Clarke Petters, entenderam.

Clarke Petters e Chadwick Boseman no set de Destacamento Blood (reprodução)

Em entrevista ao programa Good Morning Britain, Petters revelou que se arrepende por ter criticado o tratamento que Boseman teve nas locações do filme de Spike Lee. “Minha esposa me perguntou como o Chadwick era, porque eu estava muito animado em trabalhar com ele. Eu disse que ele era tratado como alguém ‘especial’, porque estava sempre cercado de gente ao redor o bajulando”, disse o veterano, lembrado pelo papel do detetive Lester em The Wire.

Sem segurar o choro, Petters revelou que Boseman precisou da companhia da namorada e de outras profissionais. “Ele tinha uma pessoa chinesa que lhe fazia massagens nas costas quando ele saía do set, uma moça que massageava seus pés, a namorada segurando sua mão. E eu achando que talvez o lance do ‘Pantera Negra’ tivesse subido à cabeça”, contou.

“Hoje me arrependo desses pensamentos. Eles estavam cuidando dele… Aquele cara jovem… Peço desculpas”, continuou o ator na entrevista. “Alguém disse que ele está descansando em paz com os anjos e eu disse que não, ele provavelmente está voando com eles agora. Ele cumpriu a sua missão. Nós, negros, precisamos de heróis”, finalizou.

Fonte: Yahoo

Você pode Gostar de:

Retorno das aulas presenciais no dia 13 de outubro

O governador do Estado, Renato Casagrande, liderou, nesta sexta-feira (25), mais uma reunião da Sala …