Home / Geral / Campanha para ajudar jovem com câncer

Campanha para ajudar jovem com câncer

Vanderley Carrero da Silva de 38 anos, descobriu um câncer (linfoma não Hodgkin) em setembro de 2016. A doença começou no rosto e avançou muito rápido.

WhatsApp Image 2018-02-22 at 10.55.37

Ele recebe tratamento no Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes em Vitória, e mesmo assim alguns custos fica por conta dele.

De acordo com o genro Leandro Ferreira, 37 anos, alguns custos ficam por conta da família, “Vanderley precisa de transporte de 2 a 3 vezes por semana, quando não está internado para tratamento de Quimio/Radioterapia. Alguns medicamentos não são fornecidos e ele tem que comprar e o custo é alto, além da alimentação, pois ele só pode ingerir alimentos processados ou líquidos, devido a lesão no rosto e na boca”.

vanderley carrero - Copia
Vanderley com o filho Rafael de apenas 11 anos Foto: Facebook

Leandro conta que Vanderley tem uma casa simples no bairro Setiba, mas devido as condições e a doença, ele teve que conseguir uma outra casa, “como a casa dele é próximo à avenida principal e tem muita poeira, pelas condições dele, não teve como ficar lá”.

O genro amigo informou que foi preciso alugar uma casa no bairro Santa Mônica em Guarapari.

Veja o vídeo produzido pelo Leandro em forma de homenagear a amizade e a luta para vencer este momento difícil na vida do sogro.(Leandro namora uma das enteadas de Vanderley).

Foi feita uma Vakinha eletrônica para quem puder ajudar o Vanderley a  vencer esta batalha. O valor a ser arrecadado é de R$ 10 mil.

OUTRA FORMA DE AJUDA

Leandro tem um estúdio de tatuagens em Meaípe e além de ter a iniciativa de criar a Vakinha eletrônica, está com uma promoção no seu estabelecimento, “Le Atelier” para arrecadar dinheiro para a campanha até o dia 28 deste mês. “Tatuagens no valor de até R$ 100,00 feita na semana será para juntar na campanha para arrecadar fundos”.

WhatsApp Image 2018-02-22 at 10.58.48

Vanderley é casado, pai de 4 filhos e chegou a trabalhar como vigilante em uma empresa de mineração, mas por conta da doença, ficou desempregado e com isso conta com a solidariedade das pessoas para ajudá-lo no tratamento.

Informações e ajuda através do telefone: (27) 9 9808 1429

Tell Miranda

Jornalista e radialista

More Posts - Website

Você pode Gostar de:

Bandidos atiram para cima após roubo de moto em Guarapari

Uma moto foi roubada por dois homens armados na Rodovia do Sol (Contorno), na altura …