sexta-feira ,30 outubro 2020
Home / Geral / Bolsonaro e Felipe Neto estão entre os 100 mais influentes do mundo, segundo a revista ‘Time’

Bolsonaro e Felipe Neto estão entre os 100 mais influentes do mundo, segundo a revista ‘Time’

O Presidente brasileiro aparece na categoria ‘Líderes’. Já o influenciador digital está na categoria ‘ícones’.

Bolsonaro e Felipe Neto — Foto: Montagem/G1

O presidente Jair Bolsonaro e o influenciador digital Felipe Neto são os únicos brasileiros na lista de 100 pessoas mais influentes do mundo em 2020 elaborada pela revista ‘Time’. Os eleitos foram divulgados na noite desta quarta-feira (23).

Na categoria “Líderes”, o perfil de Bolsonaro informa números negativos de seu mandato, como os 137 mil mortos pelo coronavírus no Brasil, a “pior recessão em 40 anos” e os “mais de 29 mil incêndios na floresta amazônica apenas em agosto”, mas também o apoio de 37% dos brasileiros.

A revista atribui o percentual de apoio, o maior desde que ele assumiu o cargo no início do ano passado, à ajuda emergencial paga aos mais pobres durante a pandemia e aos seus seguidores fervorosos.

Bolsonaro foi citado ao lado de nomes como dos presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e da China, Xi Jinping, a chanceler alemã, Angela Merkel, e o candidato democrata à Casa Branca, Joe Biden.

A lista dos 100 mais influentes é publicada pela revista “Time” desde 2004. Bolsonaro também havia sido incluído na lista dos cem mais influentes em 2019. Dilma Rousseff foi citada em 2011 e 2012, e o ex-presidente Lula, em 2004 e 2010.

Felipe Neto

O influenciador digital Felipe Neto, de 32 anos, foi incluído na categoria “Ícones”. A revista destaca seus 51 milhões de seguidores nas redes sociais – 39 milhões no You Tube e 12 milhões no Twitter.

O texto de apresentação, assinado pelo deputado federal David Miranda, conta que o influenciador, de origem humilde, começou há uma década criando conteúdo para YouTube e “rapidamente encontrou fama, um público jovem enorme e leal e patrocínios lucrativos”.

O texto afirma que a atuação de Felipe Neto mudou a partir de 2018 quando ele “redirecionou sua popularidade” para se tornar um dos “oponentes mais eficazes de Jair Bolsonaro”.

Felipe Neto foi citado ao lado de nomes como Alicia Garza, Patrisse Cullors e Opal Tometi (fundadoras do movimento Black Lives Matter), a professora americana Angela Davis e a jogadora de futebol dos EUA Megan Rapinoe, entre outras celebridades.

Fonte: G1

Você pode Gostar de:

Disque-Denúncia 181 completa 19 anos de funcionamento no Espírito Santo

O Disque-Denúncia 181 da Secretaria  da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) completa, nesta segunda-feira …