terça-feira ,4 agosto 2020
Home / Geral / Agir com ética, princípio de cidadania

Agir com ética, princípio de cidadania

Estamos em um momento da história brasileira, e por que não dizer do mundo, em que a toda hora os meios de comunicação anunciam notícias referentes ao Covid-19.

Neste sentido, vemos que o mundo tem acordado para necessidade do distanciamento social, alguns países têm demonstrado mais expressamente enquanto que outros, mais lentamente. Mas nada acontece sem uma conscientização definida e um empenho dedicado que nasça no seio da população como uma necessidade intrínseca. É fundamental neste contexto de pandemia: agir com ética, enquanto princípio de cidadania.

Nossa sociedade em diversos setores está desconcertada! Refletir as consequências humanas de muitas decisões políticas e sociais inumanas, analisá-las e levá-las em conta são condições necessárias para qualquer vivência verdadeiramente digna.

Diante do descalabro no qual temos vivido, com tantos passos dados para trás no que se refere aos direitos dos cidadãos e cidadãs, bem como a compreensão acerca da realidade e o constante processo de desumanização que nossa sociedade tem assumido, torna-se necessário construir uma consciência possível para o resgate da dignidade humana.

A grande verdade são que os valores das ações humanas estão inscritos na própria essência do homem. A ética e a cidadania são importantes para a boa estruturação de uma sociedade, a sua falta pode provocar sua autodestruição.

Por isso, a necessidade de se comprometer com o desenvolvimento da ética e da cidadania na sociedade é fundamental como uma das causas de formação de princípios morais e normas preestabelecidas, para um convívio social em harmonia e consequentemente apontar para a necessidade de formarmos uma comunidade ética-cidadã.

Não se derrota o inimigo chamado Covid-19 amedrontando as pessoas como vemos em algumas linhas da mídia corporativa! É necessário aumentar a imunidade das pessoas com coragem e não o contrário.

A sociedade passa a exigir uma nova postura de seus membros, ou seja, nas estratégias para o alcance dos objetivos organizacionais devem constar princípios éticos que sejam assumidos por todos. Com um conjunto de regras, a ética é um rol dos conceitos aplicáveis as ações humanas que fazem delas atitudes compatíveis com a concepção geral do bem e da moral.

Por fim, cabe a toda sociedade compatibilizar suas ações com os valores morais e zelar pela qualidade de vida de cada cidadão. Essa reflexão pode seguir as mais variadas direções, dependendo da concepção de homem que se toma como ponto de partida.

É necessário formamos uma comunidade ética, pois o ser humano integrado é suscetível de ser aperfeiçoado como requisito da sua própria natureza.

Por Fernando Acácio de Oliveira

Professor de Filosofia

Você pode Gostar de:

Estado anuncia repasse de quase R$ 12 milhões para compra de alimentos da agricultura familiar

O governador do Estado, Renato Casagrande, anunciou, nesta terça-feira (28), o repasse de quase R$ …