quarta-feira ,22 setembro 2021
  • canal tempo real no youtube
Home / Esporte / Abertura das Olimpíadas de Tóquio abordou a superação dos atletas e homenageou as vítimas da pandemia

Abertura das Olimpíadas de Tóquio abordou a superação dos atletas e homenageou as vítimas da pandemia

“Declaro abertos os Jogos Olímpicos de Tóquio”. Como foi aguardado o decreto do imperador Naruhito. Depois de um ano de adiamento, as Olimpíadas de Tóquio enfim começaram oficialmente nesta sexta-feira.

Em uma cerimônia de abertura mais enxuta e sem público, o Japão encantou com uma mensagem de união, superação e esperança em tempos de pandemia de coronavírus. Até o dia 8 de agosto, os olhos do mundo se voltam para Tóquio e para as histórias de conquistas de 11 mil atletas.

Drones formam imagem do planeta Terra durante minutos finais da cerimônia de abertura das Olimpíadas
Drones formam imagem do planeta Terra durante minutos finais da cerimônia de abertura das Olimpíadas. Imagem: Marko Djurica/Reuters

As barreiras impostas pela covid-19 foram lembradas, dos atletas que treinaram sozinhos em períodos de isolamento aos profissionais da saúde na linha de frente da pandemia.

Receberam as devidas homenagens em uma festa restrita a cerca de mil convidados entre chefes de estados e membros do Comitê Olímpico Internacional (COI), mas transmitida para bilhões de pessoas ao redor do planeta. Houve um minuto de silêncio em memória das vítimas da pandemia.

A festa não teve a energia da abertura da Rio 2016. Não teve a exuberância da cerimônia de Pequim 2008. Ainda assim cativou com muita tecnologia e emocionou com uma mensagem de paz ao som do clássico “Imagine”. Coube à tenista japonesa Naomi Osaka, a atleta mais bem paga da história em uma única temporada, acender a pira olímpica.

Mestre-sala e porta-bandeira do Brasil

Pela primeira vez o Brasil teve dois porta-bandeiras: Bruninho (campeão olímpico do vôlei) e Ketleyn Quadros (primeira brasileira a conquistar uma medalha olímpica, em Pequim 2008, no judô).

Os dois puxaram uma delegação bem reduzida no Estádio Olímpico. Apenas dois membros do Comitê Olímpico do Brasil desfilaram, cumprindo o número mínimo exigido pelo COI. Ainda assim os dois medalhistas olímpicos fizeram festa e arriscaram alguns passos de samba, imitando um mestre-sala e uma porta-bandeira.

Com informações do G1.

Você pode Gostar de:

Morre a atriz Marina Miranda, a Dona Charanga da ‘Escolinha’, aos 90 anos

A atriz e comediante Marina Miranda morreu aos 90 anos. A informação foi confirmada na manhã desta terça-feira, 21/9.