quarta-feira ,21 agosto 2019
Home / Geral / Policiais civis prendem um dos principais receptadores de motos roubadas da Serra

Policiais civis prendem um dos principais receptadores de motos roubadas da Serra

A equipe da Divisão Especializada de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) efetuou a prisão em flagrante de G.S.M., de 32 anos. Ele é considerado um dos maiores receptadores e adulteradores de motocicletas roubadas ou furtadas no município da Serra. A prisão foi efetuada nesse sábado (1º), no bairro Jardim Limoeiro.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Segundo o responsável pela operação, delegado Ricardo Monteiro de Toledo, a equipe da DFRV já estava investigando o detido. “Na última sexta-feira, os policiais apreenderam uma moto com todos os itens de identificação e adulterados e com a placa clonada. Os policiais realizaram diligências durante toda a madrugada e na manhã de sábado identificaram o suspeito como o responsável pela receptação, adulteração e fornecimento dos documentos falsos para possibilitar a circulação das motocicletas”, contou.

O delegado ressaltou que, no momento da prisão de G.S.M., foram apreendidos uma motocicleta adulterada e quase três dezenas de documentos de Certificado de Registro e de Licenciamento de Veículos (CRV/CRLV) em branco.

“Esses materiais são utilizados por criminosos para reinserirem veículos produto de crime de volta a circulação, fato este realizado após a adulteração dos sinais identificadores. Com o detido os policiais também recolheram uma chapa metálica com a gravação de números de chassis de motocicletas, que costumam ser utilizados para fraudes envolvendo processos junto ao Departamento Estadual de Trânsito”, acrescentou.

G.S.M. já tinha passagens por porte ilegal de arma de fogo. Ele foi indiciado por receptação, receptação de patrimônio do Estado e encaminhado ao Centro de Triagem de Viana (CTV).

Fonte: Polícia Civil

Tell Miranda

Jornalista e radialista

More Posts - Website

Você pode Gostar de:

Maldade: Cachorro leva banho de óleo de motor de carro

O corretor de imóveis Nikolas Félix Bueno, 39 anos, morador de Guarapari, ficou indignado ao …