quinta-feira ,15 novembro 2018
Home / Polícia / Motorista engana a polícia e põe a culpa em ex-vizinho

Motorista engana a polícia e põe a culpa em ex-vizinho

O motorista do carro que explodiu no posto de combustível, em Vila Velha, enganou a polícia e colocou a culpa em ex-vizinho. O acusado Jackson Almeida dos Santos, 24 anos, apontado anteriormente, é inocente.

WhatsApp Image 2018-07-11 at 01.48.23

A polícia voltou atrás na noite de quinta-feira (12) e divulgou a identidade correta do proprietário do veículo que explodiu na última terça-feira (10), ao tentar abastecer o carro em um posto de gasolina em Cobilândia, Vila Velha.

Jackson Almeida dos Santos, 24 anos, apontado anteriormente como sendo o dono do Ford Escort que usava botijas de gás comum, na verdade é inocente.

WhatsApp Image 2018-07-11 at 01.48.18

De acordo com informações do delegado chefe da 2ª Delegacia Regional de Vila Velha, Marcelo Nolasco, ele ouviu dois ex-proprietários do veículo que explodiu e um deles disse que vendeu o carro para Mazinho.

O delegado conta que os dois homens assistiram às imagens do acidente e apontaram que o homem com a camisa do flamengo não era Jackson, como havia informado Regimar, mas sim o sobrinho do acusado, um adolescente de 15 anos, ”ouvi o adolescente na presença da avó e ele confirmou tudo. Disse que o Escort era do tio e que desde que ele havia comprado o carro, o veículo ficava parado em frente à sua casa”.

WhatsApp Image 2018-07-11 at 01.48.22

De acordo com o delegado, Jackson é um homem que morava no bairro dos irmãos, em Sotelândia, e que nada tem a ver com o caso.

Nolasco informou que Jackson fugiu há 10 dias do bairro, mas por outros motivos, eles aproveitaram e jogaram a culpa para cima dele.

Segundo informações da polícia, os dois irmãos serão responsabilizados por três crimes,”a princípio, o responsável pela explosão é o Regimar, o Mazinho. O irmão dele mentiu e praticou falso testemunho. Além disso, eles cometeram outro crime, a denunciação caluniosa, disse o delegado.

WhatsApp Image 2018-07-11 at 01.48.22

Somados os crimes podem ultrapassar 11 anos de prisão. O delegado afirma que os irmãos que têm passagem pela polícia por roubo, não podem mais ser presos em flagrante, e serão ouvidos novamente.

Com informações do Jornal A Tribuna

Você pode Gostar de:

Stan Lee, criador da Marvel e mestre dos quadrinhos, morre aos 95 anos

Stan Lee, mais famoso autor de quadrinhos do mundo, morreu nesta segunda aos 95 anos, …