quarta-feira ,14 novembro 2018
Home / Geral / Morre o radialista João Vermelho aos 79 anos

Morre o radialista João Vermelho aos 79 anos

O radialista João Vermelho, 79 anos, morreu, no final da noite de sexta-feira (5), no Hospital Santa Mônica em Vila Velha, onde ele estava internado há vários dias. Ele trabalhava atualmente na rádio Musical de Guarapari. Foram mais de 30 anos dedicados ao rádio.

JOÃO VERMELHO 2
João Vermelho era aquele comunicador que amava a sua profissão e os seus ouvintes Foto: Tell Miranda

De acordo com o diretor da emissora, Ronaldo Calenti, João Vermelho chegou a conversar com ele antes do natal, pedindo para se afastar alguns dias da emissora para realizar uns exames, “antes do natal, ele passou mal, chegou a conversar comigo me falando que não estava muito bem e precisava fazer uns exames, pois estava preocupado com a saúde dele”, disse o diretor.

Nas últimas idas do apresentador a emissora, um dos filhos levava e buscava ele na rádio, até que um dia que ele passou mal, e pediu para o filho buscá-lo mais cedo, “ele foi levado para Upa de Guarapari, depois para Anchieta onde passou uma noite hospitalizado e depois seguiu para o Hospital Santa Mônica”, relatou Ronaldo.

JOÃO VERMELHO
Um dos poucos registros do João Vermelho ao lado de Tell Miranda. Os dois trabalharam juntos durante mais de 14 anos, na época Rádio SIM em Guarapari Foto: Tell Miranda

João Vermelho trabalhou na emissora por mais de 25 anos, e apresentava o “Arraiá do João Vermelho” na madrugada da emissora. Ele era casado e pai de cinco filhos.

Alguns bordões usados pelo comunicador, foram lembrados pelo diretor, como ” Chegando junto”, “Tomar o café da nega velha” , “Venha comigo que meu caminho é florido”, além de tantos outros que ficarão eternizados na memória dos ouvintes que ele cativou durante longos anos de programa, sempre com seu jeito característico de passar as suas mensagens e mandar os abraços para aqueles, que logo cedo buscava uma boa companhia.

Segundo o filho Alberto, o velório será na manhã de sábado, na Igreja Internacional da Graça de Deus, na avenida Paris, Praia do Morro, ao lado do Detran e o sepultamento no final da tarde no cemitério Parque Paraíso.

Tell Miranda

Jornalista e radialista

More Posts - Website

Você pode Gostar de:

Jovem teve que provar para a polícia, que o carro é dele

O jovem Rhyan Wesley Santana Lopes, 20 anos, teve que provar para a polícia, que …