quarta-feira ,12 dezembro 2018
Home / Esporte / ‘Jacaré’ nocauteia Weidman, vinga brasileiros e dá show de elegância no UFC 230

‘Jacaré’ nocauteia Weidman, vinga brasileiros e dá show de elegância no UFC 230

Depois de ter sido superado por Kelvin Gastelum em maio deste ano, Ronaldo ‘Jacaré’ não se deu por vencido e, aproveitando uma vaga deixada de última hora no co-main event do UFC 230, card realizado neste sábado (3) em Nova York (EUA), se apresentou para enfrentar o ex-campeão Chris Weidman. E toda a valentia foi recompensada com juros.

Foto: Julio Cortez/AP

De olho em uma chance de vencer um atleta melhor ranqueado e se aproximar do cinturão dos pesos-médios (84 kg), Jacaré pisou no octógono para encarar o número três do mundo. No entanto, quem levou a melhor foi o quinto colocado da lista, que apostou em uma estratégia agressiva e baseada no volume de golpes em pé.

No primeiro round, um confronto equilibrado brindou os fãs que lotaram o ginásio Madison Square Garden. Mais plantado, o brasileiro procurou o adversário a todo momento e, com pouca movimentação lateral, foi alvo de diversos jabs e rápidas sequências de diretos e cruzados que o balançou uma vez. Ao mesmo tempo, os chutes baixos aplicados no americano foram os golpes mais contundentes da etapa, o que não foi o suficiente para lhe garantir a vitória parcial.

No segundo assalto, Jacaré apostou no volume de golpes e, partindo para cima a todo instante, atacou com chutes baixos, joelhadas, cruzados e golpes no clinche. A falta de movimentação voltou a prejudicar a sua defesa, mas ao menos a disputa terminou empatado ao final do round.

A última etapa contou com os lutadores cansados e sem, sinal de que eles tentassem levar o combate para o chão, um golpe de encontro selou o destino do combate. Depois de um direto que levou Weidman a knock down, o atleta brasileiro parou de bater e olhou para o árbitro Dan Miragliotta, que por sua vez pediu que as ações continuassem. Irritado, Jacaré aplicou mais três golpes e encerrou a disputa com um show de elegância e fair play.

“Isso é o esporte, é o esporte mais difícil do mundo. Temos que nos respeitar. Nós temos muito respeito mas aqui no octógono é uma guerra”, finalizou o seu discurso, depois de se tornar o primeiro brasileiro a vencer o ‘All American’. Antes dessa noite, Weidman havia vencido Anderson Silva e duas oportunidades, além de triunfos singulares diante de Demian Maia, Lyoto Machica, Vitor Belfort e Valdir Araujo.

Confira os resultados do UFC 230:

Ronaldo ‘Jacaré’ nocauteou Chris Weidman no 3º round;
Jared Cannonier nocauteou David Branch no 2º round;Karl Roberson venceu Jack Marshman por decisão unânime;Israel Adesanya nocauteou Derek Brunson no 1º round;Jordan Rinaldi venceu Jason Knight por decisão unânime;Sijara Eubanks venceu Roxanne Modafferi por decisão unânime;
Sheymon Moraes
 venceu Julio Arce por decisão dividida;

Lyman Good nocauteou Ben Saunders no 1º round;Matt Frevola e Lando Vannata empataram de forma majoritária;Shane Burgos finalizou Kurt Holobaugh no 1º round;Marcos Rogério ‘Pezão’ venceu Adam Wieczorek por decisão unânime.

Com informações do Yahoo

Você pode Gostar de:

Moro anuncia secretários para Ministério da Justiça

Confirmado para o Ministério da Justiça e Segurança do governo Jair Bolsonaro, Sergio Moro anunciou hoje (4) …