quarta-feira ,12 dezembro 2018
Home / Geral / Duplo homicídio em Guarapari: Ex-policial é uma das vítimas

Duplo homicídio em Guarapari: Ex-policial é uma das vítimas

Uma das vítimas do duplo homicídio, é um ex-policial, desligado recentemente da corporação.

O ex- subtenente da Polícia Militar Dulcindo do Carmo Machado, foi uma das vítimas, deste duplo homicídio, ocorrido na Rodovia do Sol em Guarapari, em frente a Pedreira. O crime aconteceu por volta das 11h deste domingo.

O corpo de Marcelo Lima Rangel, umas das vítimas do duplo homicídio, seria morador de Vila Velha Foto: Colaborador

O ex-policial foi expulso da corporação, há 10 dias. Ele teria participado de um roubo de armas no sexto batalhão da Serra, estava sendo investigado pela corregedoria da PM. O ex-subtenente foi considerado culpado de todas as acusações contidas no processo.

Corpo do ex-policial é recolhido do local e encaminhado para o Departamento Médico Legal em Vitória Foto: Tell Miranda

Dulcindo do Carmo Machado, antes de ser expulso, atuava como subtenente do 4º Batalhão da Polícia Militar. O corpo do ex-policial ficou ao lado do carro dele, um Fiat Uno, já o corpo de Marcelo Lima Rangel, a outra vítima do duplo homicídio, estava caído próximo a outro veículo. Os dois corpos estavam a alguns metros de distância, um do outro e no mesmo lado da rodovia.

Rodovia do Sol em Guarapari, onde aconteceu o duplo homicídio Foto: Tell Miranda

As vítimas estavam dentro da festa rave, quando saíram do local e foram em direção ao carro, foram atingidos pelos criminosos. De acordo com informações de testemunhas, quatro indivíduos encapuzados a bordo de um veículo HB 20, passaram no local e efetuaram vários disparos de arma de fogo 9 ml.

Segundo informações iniciais dos peritos, foram disparados cerca de 30 tiros na direção de cada vítima, todos os disparos de pistola 9 mm. Os corpos foram recolhidos pela equipe da Polícia Civil, por volta das 13h45 e encaminhados para o Departamento Médico Legal em Vitória.

Mesmo com toda a movimentação de policiais, peritos, populares e imprensa no local, era possível ouvir as músicas da festa rave, que continuava dentro da casa de eventos.

Tell Miranda

Jornalista e radialista

More Posts - Website

Você pode Gostar de:

Mãe relata falta de higiene com paciente no Hospital Infantil Francisco de Assis em Guarapari

De acordo com uma dona de casa de 28 anos, a filha dela de 4 …