Home / Geral / Depois de 42 anos, filho reencontra os pais na Bahia

Depois de 42 anos, filho reencontra os pais na Bahia

O primeiro encontro depois de 42 anos aconteceu após uma chamada de vídeo na manhã desta sexta-feira (6) realizada de Marataízes, sul do estado do Espírito Santo para Itororó na Bahia. 

A família está programando uma viagem para a Bahia, onde eles poderão matar a saudade pessoalmente, depois de tanto tempo sem notícias.

Edson
Claudia, a filha mais velha, com 38 anos, Edson com 62 anos e o filho Marcos com 33 anos

Um final feliz para os familiares de Edson Batista de Oliveira, que perdeu o contato com os pais há 42 anos, depois que deixou a sua casa em Rio do Meio, no município de Itororó na Bahia e veio morar no Espírito Santo.

Após uma matéria publicada na quinta-feira (5) no site e na página do TEMPO REAL, Edson Batista de Oliveira foi encontrado em Marataízes, onde ele mora atualmente com a esposa Rosilda Maria de Jesus, 60 anos.

O pedreiro e pintor, Edson Batista de Oliveira, é pai de cinco filhos, a mais velha é Cláudia Ribeiro de Oliveira Gomes, 38 anos, Márcia 36 anos, Marcos 33 anos, Ednaldo 32 anos e Edson Júnior de 29 anos. Todos os filhos estão casados, são 9 netos e um bisneto.

De acordo com a filha mais velha, Cláudia Ribeiro de Oliveira Gomes, moradora de Piúma, um amigo de Ednaldo, um dos cinco filhos de Edson, que trabalha em Vitória, avisou que os familiares da Bahia estavam procurando o pai dele. “ O amigo do meu irmão viu a matéria no facebook e avisou para Ednaldo informando que estavam procurando o pai dele”, disse Cláudia Ribeiro.

TEMPO REAL

Na mesma hora, ele enviou o link da matéria para mim, vi os telefones de contato e liguei para os nossos parentes na Bahia para informar que estava tudo bem com o meu pai.

Filha sai de Piúma e vai até Marataízes para levar a notícia

Na manhã desta sexta-feira (6), Cláudia foi na casa do pai, levar a notícia, “ Eu vim cedinho trazer a notícia para ele, ele chorou, ficou emocionado, eu mostrei as fotos, ele nem acreditou, ele não reconheceu nem o pai e nem a mãe”.

A filha conta que fez uma chamada de vídeo para a Bahia e Edson Batista teve a oportunidade de ver os pais depois de 42 anos, “foi uma choradeira, todo muito emocionado”, contou a filha.

Segundo Edson Batista de Oliveira, foi uma emoção ter a oportunidade de encontrar novamente os seus pais vivos e os familiares, que ele nunca mais teve contato, ”Deus ajuda sempre, minha filha veio logo cedo me avisar”.

Ele conta que pela idade que o pai dele tinha na época, não tinha muita esperança de encontrá-lo vivo, “não tinha muita esperança de encontrar meu pai vivo não, minha mãe eu tinha esperança”.

WhatsApp Image 2018-04-06 at 12.38.12
O pai Xavier Quirino de Oliveira 94 anos e a mãe Noelia Batista de Oliveira de 82 anos

Edson disse que na época a comunicação era muito difícil e por isso perdeu o contato com a família, “Quando eu saí de lá, naquela época não tinha quase telefone, não tinha como ter contato”.

Ele era solteiro e conheceu a esposa na Bahia, onde teve os filhos e veio para o Espírito Santo. “Depois que eu casei e os meus filhos estavam maiores, eu contei para eles sobre a minha vida, os meus filhos ficaram querendo conhecer os meus pais, mas tinha perdido o contato”.

ENTENDA O CASO

Família procura há 42 anos por Edson Batista de Oliveira

Os familiares de Edson Batista de Oliveira estão a procura dele. Ele é do estado da Bahia e segundo familiares está morando em Vitória no Espírito Santo.

bahia

De acordo com Allaine Nascimento Prado, 19 anos, casada com um tio de Edson, ele saiu de casa com aproximadamente 20 anos, hoje deve ter uns 62 anos, “ele estava em Rio do Meio, município de Itororó na Bahia e foi embora para Jussarí ainda na Bahia, onde morava os familiares da esposa dele”, relatou.

Allaine conta que depois ele foi morar em Porto Seguro e por motivo de saúde, um dos filhos levou ele para Vitória.

Edson Batista de Oliveira é filho de Noelia Batista de Oliveira de 82 anos e Xavier Quirino de Oliveira 94 anos.

Quem souber de alguma informação que possa ajudar os familiares, entrar em contato com o telefone: (73) 8254 4065 ou (77) 9 8137 7278.

Tell Miranda

Jornalista e radialista

More Posts - Website

Você pode Gostar de:

Mãe conta para familiares, que o filho foi o autor das facadas

A moradora do bairro São Gabriel em Guarapari, que sofreu uma tentativa de homicídio, na …