Home / Geral / Criança é morta e pais são baleados em Guarapari

Criança é morta e pais são baleados em Guarapari

Uma criança foi morta a tiro na tarde desde sábado (10), por volta das 14h, no bairro Concha D’ostra em Guarapari. Os moradores disseram que ouviram pelo menos quatro disparos. Os pais ficaram feridos.

Até agora ninguém soube informar como que o assassino chegou ao local para cometer os crimes, se o suspeito estava de moto, de carro ou a pé Foto: Tell Miranda

De acordo com informações de populares, o pai Jaques de Jesus Ferreira, 23 anos e a mãe Aline Ribeiro de Nardi, 24 anos, estavam trabalhando na construção da casa deles em um terreno no alto do morro. O filho de apenas 4 anos, Enzo Gabriel Ribeiro Ferreira  acompanhava os pais.

Casa em construção a criança foi morta Foto: Tell Miranda

A família mora de aluguel a uns 6 meses, na rua Anésio Freire, há aproximadamente um quilômetro do local, onde aconteceu o assassinato da criança, e as duas tentativas de homicídio. Eles vieram do município de Serra.

Parte casa em construção onde a criança foi morta Foto: Tell Miranda

Aline foi socorrida pelo Samu consciente, e no primeiro momento foi encaminhado para a Upa de Guarapari. O pai da criança, fugiu do local para não ser morto, passou na casa onde ele é inquilino, e avisou do crime para o dono do imóvel, mas sem informar detalhes, e foi atrás de socorro.

O pai da criança tinha feito uma massa usar na construção da casa Foto: Tell Miranda

A Polícia Militar realiza várias buscas na região, na tentativa de encontrar o suspeito de praticar os crimes, inclusive um helicóptero da Polícia Militar sobrevoou vários bairros de Guarapari. De acordo com informações da polícia, um ex-cunhado, seria o suspeito do autor dos disparos.

A folha de eternit cobria o corpinho da criança Foto: Tell Miranda

Até a publicação desta matéria, ninguém foi detido. O corpinho da criança está dentro da casa, aguardando a chegada da Perícia da Polícia Civil, para recolher o corpo e encaminhar para o Departamento Médico Legal em Vitória.

A polícia conta com  a ajuda da população através do Disque Denúncia: 181.

O dono do imóvel onde a família mora conversou com a nossa reportagem e não ideia do que possa ter motivado o crime. Veja a entrevista.

Tell Miranda

Jornalista e radialista

More Posts - Website

Você pode Gostar de:

Amigo de pescaria lembra os bons momentos com o subtenente Cordeiro

O mergulhador Marcelo Poton,37 anos, morador de Guarapari, era um dos muitos amigos do subtenente …